Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 07 Fevereiro |
Bem-aventurado Guilherme Saultemouche
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Voluntários que conversam de graça na rua, um remédio para a solidão

mężczyzna siedzi zimą na ławce i podziwia krajobraz pięknej górskiej doliny

New Africa | Shutterstock

Dolors Massot - publicado em 07/12/22

Este movimento já conta com voluntários em vários países. Infelizmente, hoje em dia a solidão já começa a afetar os países em desenvolvimento, e não apenas os países ricos, como há pouco tempo… Veja:

Não perca a Missa internacional por aqueles que precisam de cura. Levaremos suas intenções até o altar - de graça. Clique neste botão para enviar a sua intenção👇

Intenção de missa e oração pelos doentes

Quem diz que a mídia e as redes sociais geraram uma grande sociabilidade global não conhece Adrià Ballester. Este jovem de Barcelona dedica-se a falar de pessoa a pessoa. Ele monta duas cadeiras na rua, senta-se em uma delas e coloca uma placa convidando qualquer um que queira sentar-se e conversar.

Adrià faz isso porque percebeu que há muitas pessoas que não têm ninguém com quem conversar, mesmo que vivam cercadas por outras pessoas nas ruas e praças. As multidões não implicam em contato. E a conversa é essencial, vital.

O Free Conversations Moviment

Assim, em 2017, este jovem de 28 anos começou algo que hoje é o Free Conversations Moviment. Ele o faz para combater o “processo de desumanização e isolamento de um sistema social que quebra a conexão humana pessoal básica e a substitui por uma ilusão de hiperconectividade global, muitas vezes enganadora”, como ele explica. Desta forma, o “crescimento dos valores de humanidade” será alcançado.

Não foi algo programado, mas o fato é que Adrià foi seguido por outras quatro pessoas nas mais diversas partes do mundo: da Cidade do México a Hong Kong, passando por Toronto (Canadá) ou Equador, onde uma jovem mulher coordena os “conversadores” da América Latina. Na Espanha, há outros “conversadores” em Barcelona e na Galiza.

Você pode ver algumas imagens do movimento aqui:

Cada voluntário, dez conversas por semana

O movimento já realizou mais de 1.500 conversas. A média é de cerca de 10 conversas por voluntário por semana.

Agora é uma ONG. Cresceu, tem um voluntário que é responsável pelo marketing na França, outro que faz o design gráfico do site… Adrià dá seu dinheiro para a manutenção do site e esta é uma forma permanente de aumentar o número de conversadores.

Toca o coração

Gaal Cohen, por exemplo, de Guadalajara (México), leu um artigo em “La Vanguardia” em 2019 e aderiu ao movimento. Ele dedica à iniciativa as manhãs de sexta-feira. O jornal de Barcelona dedicou-lhe novamente um artigo em junho passado e Gaal explicou o que dá sentido a este projeto: “Toca verdadeiramente o coração”. Em seu caso, a prefeitura de Guadalajara está ciente desta aventura e a apoia.

Um remédio para muitos

Visitar idosos e pessoas que estão sozinhas em residências ou lares de idosos pode ser difícil, especialmente devido às medidas de segurança tomadas nesses lugares, mas a rua pode ser um ponto de encontro ao ar livre e com a proximidade do coração. Esse é o maior presente e o melhor remédio para muitas pessoas que são vítimas da solidão.

A ideia de Adrià é também uma reflexão sobre como podemos melhorar nossa sociedade. Tudo isso pode começar estabelecendo laços com nossos vizinhos: uma saudação, uma genuína preocupação pelos outros, um gesto altruísta graças ao qual a outra pessoa descobre que existe para os outros…

Tags:
AmizadeReligiãosolidao
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia