Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 03 Fevereiro |
Bem-aventurado Luís Andritzki
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Papa Francisco condena a violência doméstica: “mata a liberdade e sufoca a vida”

POPE-FRANCIS-GENERAL-AUDIENCE-PAUL-VI-HALL-DECEMBER-07-2022

Antoine Mekary | ALETEIA

Papa Francisco saúda os participantes da Audiência Geral de 7 de dezembro de 2022

I.Media para Aleteia - publicado em 08/12/22

Durante Audiência Geral, o Santo Padre também falou que a violência doméstica "torna a vida um inferno"

O Papa Francisco alertou contra a “possessividade” que mata a liberdade e torna a vida “inferno”. O Pontífice aludiu ao tema da violência doméstica durante a Audiência Geral que presidiu em 7 de dezembro de 2022 na Sala Paulo VI.

Na nova edição de sua catequese sobre o discernimento, deu chaves para saber se uma decisão tomada é boa, destacando a liberdade como valor fundamental.

Desta vez, o Papa concentrou-se na fase imediatamente posterior à decisão, “para perceber os sinais que a confirmam ou desmentem”. Para ele, o “tempo” é o critério para “reconhecer a voz de Deus em meio a tantas outras vozes”.

Se a paz perdurar no tempo, explicou, “é um bom sinal”.

O líder da Igreja Católica insistiu ainda que uma boa decisão é vivida com liberdade, sem apego”, não nasce “do medo, da chantagem emocional ou do constrangimento”.

Trata-se também de “permanecer livre em relação ao que se decidiu, disposto a pô-lo novamente em questão, até a renunciar ao mesmo perante possíveis negações, procurando encontrar nelas um eventual ensinamento do Senhor.”

Violência doméstica e excesso de controle

De forma contrária, afirmou Francisco:

“A possessividade é inimiga do bem e mata o afeto, prestai atenção a isto, a possessividade é inimiga do bem, mata o afeto: os numerosos casos de violência no âmbito doméstico, de que infelizmente temos notícias frequentes, surgem quase sempre da pretensão de possuir o afeto do outro, da busca de uma segurança absoluta que mata a liberdade e sufoca a vida, tornando-a um inferno.”

O Santo Padre prosseguiu:

“Reconhecer isto é fundamental para uma boa decisão, e tranquiliza acerca daquilo que não podemos controlar nem prever: a saúde, o futuro, os entes queridos, os nossos projetos. O que importa é que a nossa confiança seja depositada no Senhor do universo, que nos ama imensamente e sabe que, com Ele, podemos edificar algo magnífico, algo eterno.”

Portanto, a decisão certa dá “a consciência de estar em seu lugar na vida e participar de um propósito maior”.

Tags:
Audiência GeralPapaPapa FranciscoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia