Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 27 Janeiro |
São João Maria, chamado Muzei ou Ancião
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Alerta: uma a cada 10 crianças no mundo tem transtorno mental

CHILD

myboys.me | Shutterstock

Ricardo Sanches - publicado em 12/12/22

Quais são os principais sinais dos transtornos mentais em crianças e adolescentes? Como promover a saúde mental nesta faixa etária?

Um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontou para um problema que jamais deve passar despercebido pelos pais e educadores. Segundo a instituição, uma a cada 10 crianças do mundo sofre algum tipo de transtorno mental. Nesta estatística também estão incluídos os adolescentes.

Para a OMS, epilepsia infantil, deficiências de desenvolvimento, depressão, ansiedade e distúrbios comportamentais estão entre as principais causas de doenças e incapacidades observadas na infância e adolescência. Outro dado alarmante: o suicídio é a quarta causa de mortes entre os jovens de 15 a 19 anos.

A própria OMS explica os principais fatores de risco para a saúde mental nesta faixa etária. “A qualidade do ambiente onde as crianças e os adolescentes crescem determina o seu bem-estar e desenvolvimento. Experiências negativas precoces em casa, na escola ou nos espaços digitais, exposição à violência, doença mental de um dos pais ou outro cuidador, bullying e pobreza aumentam o risco de doença mental”, explica o site da entidade global.

Atenção à saúde mental das crianças

Os especialistas são unânimes em afirmar que a infância e a adolescência são fases críticas para a saúde mental, pois as experiências adquiridas nesta idade influenciam a vida adulta. “Este é um momento em que o rápido crescimento e desenvolvimento ocorrem no cérebro. Crianças e adolescentes adquirem habilidades cognitivas e socioemocionais que moldam sua saúde mental futura e são importantes para assumir papéis adultos na sociedade”, declara a OMS.

Neste sentido, a psicóloga católica Talita Rodrigues alerta: os pais precisam ficar muito atentos à saúde mental dos pequenos. “Você já deve ter ouvido aquela frase: ‘existem adultos difíceis, escondidas em crianças feridas’. Portanto, a saúde mental das crianças é de suma importância, considerando o fato de que a infância é o período mais importante do ser humano. É na fase da infância que feridas podem ser criadas. É importante estar atento”, explica a especialista.

Sinais

De acordo com a psicóloga, os pais precisam estar atentos a qualquer sinal de “anormalidade” no comportamento dos filhos. “Um dos principais indícios de que a saúde mental dos filhos não vai bem é tudo aquilo que foge da normalidade. Uma rebeldia que foge ao normal, uma inquietação que foge ao normal, uma quietação que foge ao normal… Quando os pais possuem uma pequena noção do que é normal na infância e o que foge dessa normalidade, é uma forma de identificar se há algum transtorno mental”, afirma Talita Rodrigues.

Promovendo a saúde mental das crianças

O vínculo entre os pais e filhos é fundamental para o desenvolvimento global dos filhos, o que inclui, claro, a saúde mental dos pequenos.

A psicóloga da três dicas simples e essenciais que os pais devem adotar, a fim de evitar o surgimento de transtornos mentais em crianças e adolescentes:

“1 – Ter sempre um diálogo aberto com os filhos.
2 – Os pais devem estar atentos ao que as crianças estão consumindo na televisão, tablet – entre outros;
3 – É muito importante os pais estarem atentos a tudo o que foge da normalidade. Crianças podem sentir coisas, fazer coisas, contudo para tudo há um limite. Os pais precisam reconhecê-lo para saber a hora de buscar ajuda.”

Tags:
CriançasEducaçãoFilhospaisSaúde
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia