Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 18 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Concluídas as torres de S. Marcos e S. Lucas na Basílica da Sagrada Família

Sagrada-familia-boeuf-FhhoFghWAAEQ7GO

Twitter / @sagradafamilia

Daniel R. Esparza - publicado em 16/12/22

A construção da famosa basílica menor já dura mais de um século

A Sagrada Família, icônica basílica menor ainda inacabada e marco mais conhecido de Barcelona, Espanha, é a obra-prima arquitetônica de Antoni Gaudí. A construção está lenta, mas quase chegando à conclusão. Nesta sexta-feira, 16 de dezembro, as torres dos evangelistas Lucas e Marcos ganham luzes pela primeira vez.

De fato, a Sagrada Família está em construção há mais de um século. A primeira pedra foi lançada em março de 1882. Foi consagrada em 7 de novembro de 2010, pelo Papa Bento XVI, que a proclamou basílica menor.

No evento de inauguração das torres, a basílica realizará seu tradicional Concerto de Natal, com uma programação composta por canções internacionais estruturadas em três suítes distintas – uma com canções da Europa Ocidental, uma segunda com canções do Leste Europeu e a última com canções de Natal internacionais de todos os tempos. O concerto será transmitido online no site da basílica. Assim que o Concerto de Natal terminar, os pináculos das torres dos Evangelistas Lucas e Marcos serão iluminados, marcando a conclusão desta fase da construção.

Depois, as torres serão iluminadas todas as noites, de sábado, 17 de dezembro de 2022, a 8 de janeiro de 2023, das 18h às 22h.

As torres

Em dezembro de 2021, a torre da Virgem Maria foi concluída. Agora, terminada a construção das torres dos evangelistas Lucas e Marcos, três das seis torres centrais estarão concluídas.

A Sagrada Família tem 18 torres no total: 12 para os apóstolos, quatro para os evangelistas, uma para a Virgem Maria e a mais alta, com 172,5 metros de altura, para Jesus Cristo.

A razão pela qual esta é a torre mais alta é óbvia. Mas há razões para essa torre não ser ainda mais alta.

O fato é que aa colina mais alta de Barcelona, ​​Montjuïc, eleva-se a 177 metros acima do nível do mar. Gaudí acreditava firmemente que a arquitetura e a natureza deveriam coexistir harmoniosamente. Este é um princípio que permeia todo o seu trabalho. No entanto, ele sempre daria à natureza o assento de honra, convencido de que a engenhosidade humana nunca deveria ceder à arrogância. A obra de Deus, a própria natureza, é sempre de ordem “superior”. Portanto, a torre mais alta de sua igreja nunca poderia ser mais alta do que a montanha que domina a cidade.

Clique na galeria de fotos abaixo e confira um pouco da beleza da Sagrada Família!

Tags:
igrejasSantuáriosViagem
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia