Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 07 Fevereiro |
Bem-aventurado Guilherme Saultemouche
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Messi: “Eu sabia que em algum momento Deus ia me dar este título”

figurka Lionela Messiego z Pucharem Świata w szopce w Neapolu

IMAGO/Bagu Blanco / PRESSIN/Imago Sport and News/East News

Esteban Pittaro - publicado em 20/12/22

As primeiras palavras do craque argentino depois de ganhar a Copa do Mundo foram sobre Deus

Não perca a Missa internacional por aqueles que precisam de cura. Levaremos suas intenções até o altar - de graça. Clique neste botão para enviar a sua intenção👇

Intenção de missa e oração pelos doentes

A Argentina conquistou o Mundial do Catar depois da que foi definida pela mídia de todo o mundo como a melhor final da história das Copas do Mundo. E seu capitão, Lionel Messi, realizou seu sonho.

As primeiras declarações do craque argentino na televisão depois da partida contra a França foram as seguintes: “É impressionante que possa acabar assim. Eu sabia que em algum momento Deus ia me dar [este título], e não sei porque tive um pressentimento e senti que seria isso. Mais uma vez, isso me fez sentir enormemente feliz.”

Uma final de perder o fôlego

A Argentina abriu o placar por 2 a 0 com gols de Messi e Di María. Porém, no final do tempo regulamentar, o francês Mbappé fez dois e garantiu mais meia hora de prorrogação. Mais uma vez, a Argentina conseguiu passar à frente do placar com mais um gol de Messi, imediatamente igualado por Mbappé.

Pênaltis:a Argentina saiu na frente com um chute defendido por Emiliano Martínez e outro perdido pela França. Gonzalo Montiel selou a vitória argentina.

Momentos antes, entretanto, Messi foi visto olhando para o céu pedindo mais uma ajuda, enquanto Lautaro Martínez se persignava ao seu lado.

Crenças

Se algo foi revelado na Copa do Mundo do Catar foi a liberdade com que os jogadores expressaram suas crenças religiosas, banindo completamente aquela iniciativa de alguns dirigentes da FIFA antes da Copa da África do Sul de sancionar expressões públicas de fé dos jogadores. 

Manifestações cristãs e islâmicas foram comuns em cada uma das partidas. E elas não foram exceção na equipe vencedora, desde o técnico Lionel Scaloni até a estrela principal da Argentina.

Até nos conventos

Literalmente milhões de argentinos saíram às ruas e praças das cidades para comemorar a vitória. Até nos conventos teve festa. Este cronista passou pela casa das Irmãs Pobres de São José, em Buenos Aires. Emocionadas e com insígnias nacionais, elas comemoravam o terceiro mundial da Argentina.

De Córdoba, as Irmãs Escravas do Sagrado Coração de Jesus compartilharam um vídeo nas redes sociais mostrando como rezavam e se animavam no convento, inclusive cantando a música mais ouvida no Catar e na Argentina: “Agora estamos animados de novo”.  

O quase-hino da torcida argentina cantado pelas irmãs teve inspiração na música de uma canção de La Mosca. O autor, Fernando Romero, é catequista e, em seu perfil no Twitter, escreve: “Racing e Jesus”.

Em entrevista ao jornal Olé, Romero explicou que ouve rock, cumbia, folclore e música religiosa para se relacionar melhor com seus alunos. Dado o enorme sucesso da música, interpretada pela própria banda original e escolhida pelos jogadores campeões mundiais como a música favorita deles na Copa, eles ofereceram a Fernando uma viagem ao Catar. Mas ele negou, porque não parecia sensato gastar aquele dinheiro: “Acho que há muitas coisas para resolver antes como país antes de me levar para o Catar. Espero que seja isso que nos una a todos e que façamos algo por aqueles que mais sofrem”.

Tags:
CelebridadesCopa do MundoEsporte
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia