Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 27 Janeiro |
São João Maria, chamado Muzei ou Ancião
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Resenha de Imprensa: A carta de renúncia papal, uma faca de dois gumes

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Pope-Francis-General-Audience-August-31-2022-Paul-VI-Hall-Antoine-Mekary-ALETEIA-wheelchair

Antoine Mekary | ALETEIA

I.Media para Aleteia - publicado em 23/12/22

O seu resumo das principais notícias do dia. Uma seleção de artigos escritos pela imprensa internacional sobre a Igreja e as principais questões que preocupam os católicos em todo o mundo. As opiniões e pontos de vista expressos nestes artigos não são dos editores da Aleteia

1A carta de renúncia do Papa, uma faca de dois gumes

No domingo passado, o Papa Francisco revelou em uma entrevista ao jornal espanhol ABC que havia assinado uma espécie de carta de renúncia condicional no início de seu pontificado, entregue ao Secretário de Estado do Vaticano, que poderia ser aplicada se ele se tornasse clinicamente incapaz de cumprir suas funções. Vários papas antes de Francisco assinaram cartas semelhantes, mas o jornal The Pillar observa os problemas canônicos levantados por tal movimento. De fato, “uma renúncia papal não precisa ser aceita por ninguém para ter efeito”, pois “o pontífice não está sujeito a nenhuma autoridade humana no exercício de seu ofício eclesiástico”. Entretanto, o fato de esta carta ser confiada ao Secretário de Estado poderia dar ao “primeiro-ministro” do Papa um poder além de suas prerrogativas. “A própria linguagem deve ser precisa. Deve-se ressaltar que o próprio Papa renuncia livremente se certas condições forem satisfeitas. Não poderia ser visto como dando a qualquer pessoa ou grupo o poder de retirar o Papa do cargo – pois ninguém pode ter poder para exercer autoridade sobre o Papa”, insiste The Pillar. Estabelecer condições médicas específicas para justificar uma renúncia, como um coma persistente, pode ser sensato, mas estaria aberto a interpretações diferentes “mesmo entre pessoas de boa vontade e real competência”.

Uma opção mais simples e racional seria estabelecer “a demissão em idade fixa – 80, ou mesmo 75 anos, enfatizando sua solidariedade com outros bispos diocesanos, e apelando para a eleição geral de homens mais jovens”. A outra opção, que parece ter sido abandonada desde a renúncia de Bento XVI, é aceitar que “a realidade da mortalidade humana significa que há momentos em que o papa reduziu sua capacidade, e quando a governança centralizada diminuiu”, como foi notavelmente o caso no final do longo pontificado de João Paulo II. “Pode significar também a aceitação de uma espécie de lição espiritual, ou seja, que Deus controla sua Igreja e que o autor da vida guia tanto o sopro de vida de São Pedro quanto a vida da Igreja”.

The Pillar, inglês


2Bispo alemão exige libertação de presos políticos no Irã

O bispo Peter Kohlgraf de Mainz, presidente da organização internacional católica de paz Pax Christi na Alemanha, anunciou seu compromisso público de escrever à embaixada iraniana em Berlim para exigir a libertação de dois homens – Arian Farzamnia e Reza Nowrozi, cujas vidas estão em perigo – presos por participarem dos protestos que deixaram mais de 300 mortos no país. “Que um menino de 17 anos seja ameaçado de execução por participar de uma manifestação, que um jovem pai seja torturado por um ato desesperado… são graves violações dos direitos humanos que mostram a brutalidade com que o regime iraniano age contra o povo”, escreve o bispo. Sua ação, explica Religión Digital, é parte de uma iniciativa da Sociedade Internacional de Direitos Humanos (IGFM) onde indivíduos de alto perfil intercedem por prisioneiros e fazem lobby com políticos para impedir sua execução. Na Alemanha, por exemplo, o Primeiro-Ministro da Renânia-Palatinado, Malu Dreyer, está intercedendo por uma menina de 16 anos, Sheno Ahmadian, que teria sido sequestrada pelas forças de segurança iranianas em meados de novembro e de quem não há notícias desde então.

Religión Digital, Espanhol


3E também na imprensa internacional…

Ucrânia: o Cardeal Zuppi também defende uma grande conferência internacional

Depois do Papa Francisco e do Cardeal Secretário de Estado Pietro Parolin, o presidente da Conferência Episcopal Italiana, Matteo Zuppi, também está esperando uma grande conferência de paz após a conferência de Helsinki durante a Guerra Fria.

Vatican News, italiano

O jesuíta Rupnik permanece no Vaticano apesar das sanções

O caso do padre jesuíta Marko Rupnik continua fazendo manchetes. O mundialmente famoso artista de mosaico, que é influente no Vaticano, não foi removido de seu posto no Vaticano, apesar de ter sido excomungado por um tempo.

The Pillar, inglês

O Cardeal Mauro Piacenza escreve para os confessores no Natal

“Que haja horários e luzes acesas naquela ‘tenda de Belém’ que é o confessionário”. Este é o pedido do Cardeal Mauro Piacenza, penitenciário maior da Santa Igreja Católica, expresso em carta enviada aos penitenciários e a todos os confessores na véspera de Natal e noticiado pela mídia do Vaticano.

Vatican News, francês

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
Papa FranciscoResenha de ImprensaVaticano
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia