Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Cultura & Viagem
separateurCreated with Sketch.

Tumba da parteira de Maria logo será aberta ao público

MIDWIFE WITH JOSEPH

Public Domain

Daniel R. Esparza - publicado em 23/12/22

O túmulo da parteira de Maria é, de fato, um local de peregrinação cristã com séculos de existência

Como o tumba de sepultamento dedicada à parteira de Maria está prestes a se tornar acessível ao público, os arqueólogos descobriram vários artefatos de seu pátio – incluindo um número grande de lâmpadas de óleo, muito provavelmente usadas pelos peregrinos enquanto visitavam o local.

O arqueólogo Zvi Firer, da Autoridade de Antiguidades de Israel, disse ao The Times of Israel que o túmulo da parteira de Maria é de fato um local de peregrinação cristã com séculos de existência.

“Segundo uma tradição cristã, Salomé era a parteira de Belém, que foi chamada para participar do nascimento de Jesus”, explicou Firer. “Ela não podia acreditar que lhe fora pedido para dar à luz um bebê de uma Virgem, mas sua mão ficou seca e só foi curada quando ela segurou o berço do bebê”.

A caverna do enterro, que fica no centro de Israel, foi descoberta em 1982 por saqueadores. Ela só chamou a atenção profissional dois anos mais tarde quando o falecido professor Amos Kloner fez uma escavação arqueológica adequada. Mas mesmo que esta escavação posterior provasse que o local havia sido utilizado como um local sagrado cristão, nunca foi aberto ao público. Até agora.

O artigo publicado pelo The Times of Israel diz que, nos últimos dois meses, “arqueólogos escavaram um elaborado pátio de 350 metros quadrados na entrada da caverna, cheio de intrincadas esculturas de pedra, arcos elevados, um chão de mosaico e os restos de uma loja onde os peregrinos podem ter alugado lâmpadas de óleo para iluminar seu caminho dentro da caverna para suas orações” – tanto quanto os cristãos contemporâneos acendem velas quando visitam uma igreja.

O Túmulo de Salomé (esse é o nome que a tradição cristã deu à mulher que ajudou Maria durante o trabalho de parto, como lido no Protoevangelho de Tiago) foi provavelmente uma caverna de sepultamento judaica para uma família rica, que mais tarde foi transformada em um local sagrado cristão.

Pesquisas arqueológicas alcançaram até hoje a primeira sala da caverna de sepultamento do Segundo Templo, que se estende do século VI a.C. até 70 d.C., com caixas de pedra que refletem um costume de sepultamento judaico.

Tags:
BíbliaHistóriaHistória da IgrejaMaria
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia