Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 07 Fevereiro |
Bem-aventurado Guilherme Saultemouche
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

O que são as “oitavas” para a Igreja Católica

Cardinal-and-priest-in-front-of-the-altar-in-catholic-church-Christmas

Ajdin Kamber | Shutterstock

Pe. Henry Vargas Holguín - Reportagem local - publicado em 26/12/22

E por que essas celebrações fazem parte do ano litúrgico?

Não perca a Missa internacional por aqueles que precisam de cura. Levaremos suas intenções até o altar - de graça. Clique neste botão para enviar a sua intenção👇

Intenção de missa e oração pelos doentes

Não é de se estranhar que muitos associem a palavra “oitava” principalmente ao campo musical. Mas, na esfera eclesial, especialmente na liturgia da Igreja, a oitava é outra coisa. Trata-se de uma forma de celebrar uma solenidade.

As oitavas celebradas pela Igreja

Atualmente, a Igreja celebra de modo ainda mais especial duas solenidades: Natal e Páscoa. 

De fato, essas solenidades são celebradas durante oito dias. É por isso que falamos Oitava de Natal ou Oitava de Páscoa.

Até o ano de 1969 havia também a oitava de Pentecostes, que foi suprimida do calendário romano.

Oito dias de celebrações

Chama-se, então, “oitava” à celebração continuada durante oito dias de cada uma destas duas solenidades. Em outras palavras: a oitava, seja de Páscoa ou de Natal, começa no dia (da Páscoa ou do Natal) e prosseegue nos sete dias seguintes.

As Oitavas de Páscoa e de Natal são tão importantes que, normalmente, não é permitido usar uma forma de celebração da Missa diferente daquela do dia da oitava correspondente.

A oitava de Natal

Atualmente, a Oitava de Natal inclui várias outras festas: a da Sagrada Família, a de Santo Estêvão, a de São João Evangelista, a dos Santos Inocentes, a de São Tomás Becket e a do Papa São Silvestre.

Todas essas festas nos conduzem – cada uma ao seu modo – para a Natividade de Jesus, ajudando-nos a refletir sobre a Encarnação do Verbo.

O oitavo dia da Oitava de Natal é a Solenidade de Maria, Mãe de Deus, em 1.º de janeiro.

De onde vem a tradição

As oitavas, para a Igreja, são uma prática que tem suas raízes no Antigo Testamento, já que o antigo povo de Israel celebrava suas grandes festas durante oito dias.

As festas – como os Tabernáculos, Pães Asmos, Páscoa – eram grandes festas do povo de Israel, das quais o oitavo dia era o mais solene.

E esta tradição vem, por sua vez, do tempo de Abraão. Deus fez uma aliança com Abraão e seus descendentes, cujo símbolo era a circuncisão no oitavo dia após o nascimento de todo homem (Gn 17:11-12).

É por isso que Jesus, como judeu, foi circuncidado no oitavo dia, recebendo o seu nome nesse dia (Lc 2,21).

Tags:
LiturgiaMissaNatalPáscoa
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia