Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 07 Fevereiro |
Bem-aventurado Guilherme Saultemouche
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Oração é adoração: para sermos nós mesmos, precisamos dela

Oração e adoração

JEFFREY BRUNO

Peter Cameron - publicado em 26/12/22

A Eucaristia proporciona ao homem deixar-se enriquecer de dons de Deus

Não perca a Missa internacional por aqueles que precisam de cura. Levaremos suas intenções até o altar - de graça. Clique neste botão para enviar a sua intenção👇

Intenção de missa e oração pelos doentes

Dostoievski escreveu que “a lei da existência humana consiste apenas em tornar possível a cada ser humano curvar-se perante o infinitamente grande; se uma pessoa fosse privada do infinitamente grande, recusaria continuar vivendo e morreria de desespero”. Para sermos nós mesmos, precisamos adorar. O Catecismo (nº 347) nos diz que a própria criação foi moldada “para o culto e adoração de Deus. A adoração está inscrita na ordem da criação”.

A adoração nos dá uma perspectiva realista da vida. “A adoração do único Deus liberta o homem de ceder a si mesmo, da escravidão do pecado e da idolatria do mundo” (Catecismo, nº 2097). A natureza humana foi feita de tal forma “que precisa de algo sagrado que possa adorar, pois, do contrário, se restringe e se distorce, e, venerando outra coisa em vez do sagrado” (A. Delp).

Como adoramos? A adoração começa com a adoção de um estado de espírito piedoso. “Adorar significa aceitar que nada de finito pode ser o meu objetivo ou determinar a direção da minha vida, mas que eu próprio devo ir além de todos os objetivos possíveis” (J. Ratzinger). A adoração, diz São João Paulo II, “não consiste principalmente em expressar pensamentos e sentimentos humanos, mas em ouvir a Palavra divina para conhecê-la, assimilá-la e praticá-la na vida quotidiana”.

A forma essencial do culto cristão é a Eucaristia, a ação de graças:

Nesta forma de culto, as realizações humanas não são colocadas perante Deus. Pelo contrário, a Eucaristia consiste em o homem deixar-se dotar de dons. Glorificamos a Deus ao nos deixarmos dotar dos próprios dons de Deus e assim reconhecê-lo como o único Senhor. Veneramo-lo abandonando a ficção de que poderíamos encarar a Deus como parceiros comerciais independentes, quando, na verdade, só podemos existir nele e a partir dele.

Ao adorarmos desta forma, cumprimos o propósito principal da vida, que é “aumentar, de acordo com a nossa capacidade, o nosso conhecimento de Deus por todos os meios de que dispomos e ser assim movidos a louvar e agradecer – a fazer como dizemos no Glória: adoramos-te” (J.R.R. Tolkien).

Tags:
EspiritualidadeEucaristiaOração
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia