Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Funeral de Bento XVI: os detalhes da celebração

The body of Pope Emeritus Benedict XVI

Antoine Mekary | ALETEIA

I. Media - publicado em 04/01/23

A celebração será baseada em um funeral pontifício, mas com algumas adaptações

Como será o funeral de Bento XVI? Com que objetos será sepultado o 265º Papa da Igreja? A Santa Sé divulgou os detalhes da celebração que o Papa Francisco presidirá em 5 de janeiro, na Praça São Pedro. Uma cerimônia que marcará a posição pontifícia de Joseph Ratzinger, mas que será adaptada ao seu status sem precedentes como Papa Emérito.

Ao final dos três dias de exibição pública dos restos mortais de Bento XVI na Basílica de São Pedro, no final do dia 4 de janeiro, seu caixão será ritualmente fechado. Dentro, também serão colocadas as medalhas e moedas cunhadas durante o pontificado de Bento XVI, bem como seus pálios – neste caso, os de seus episcopados em Munique e Roma – e um breve texto descrevendo seu pontificado.

O funeral de Bento XVI

Em 5 de janeiro, por volta das 8h50 (horário de Roma), cerca de 40 minutos antes do início da celebração, o caixão do pontífice que reinou de 2005 a 2013 deve ser retirado da basílica para permitir que os fiéis presentes se reúnam antes da missa.

Cerca de 125 cardeais, 420 bispos e 4.000 padres deverão participar da celebração. O Papa Francisco presidirá, enquanto o Cardeal Giovanni Battista Re, reitor do Colégio Cardinalício – como tem sido recentemente devido aos problemas de joelhos do pontífice argentino – assumirá a celebração no altar.

A celebração é baseada no modelo de um funeral pontifício, com algumas adaptações, explicou o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni. Alguns elementos específicos de um Papa reinante foram removidos, tais como as súplicas finais da Diocese de Roma e das Igrejas Orientais.

Durante a Missa internacional, as leituras não seguirão as prescritas pelo ritual estabelecido para os pontífices reinantes. A primeira leitura (Isaías 29,16-19) será lida em espanhol, a segunda (1 Pedro 1,3-9) em inglês, o Salmo 22 será em italiano e o Evangelho será o de São Lucas (Lc 23,39-46).

Após a homilia, a primeira intenção de oração lida em alemão será dedicada ao “Papa Bento, que adormeceu no Senhor”, para que “o Pastor Eterno possa recebê-lo em seu reino de luz e paz”. As outras – pelo Papa Francisco, pelos líderes das nações e por aqueles que sofrem com a pobreza – serão lidos em francês, árabe, português e italiano. A oração eucarística também lembrará o Papa Emérito.

Após os últimos ritos – ultima commendatio e valedictio – presididos por Francisco, o caixão do pontífice alemão será levado em procissão ao local de sepultamento nas gruta do Vaticano. O cortejo será ao som do Magnificat.

O rito inclui ornamentar o caixão com fitas com os selos da Câmara Apostólica e outros órgãos da Santa Sé. Depois, o caixão será colocado em uma urna de zinco, que será lacrada. Bento XVI será enterrado no local do antigo túmulo de João Paulo II.

O funeral de Bento XVI será coberto por mais de 600 jornalistas de todo o mundo. Todos foram credenciados pelo Vaticano.

O Vatican News transmitirá ao vivo a Missa fúnebre com comentários em português.

Tags:
Bento XVIMortePapaVaticano
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia