Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 07 Fevereiro |
Bem-aventurado Guilherme Saultemouche
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Mais um padre assassinado em região marcada por violência terrorista

Padre Jacques Zerbo

Facebook / Diocèse de Dégoudou

Reportagem local - publicado em 08/01/23

Em toda a região estão ativos diversos grupos jihadistas ligados à Al Qaeda e ao Estado Islâmico

Não perca a Missa internacional por aqueles que precisam de cura. Levaremos suas intenções até o altar - de graça. Clique neste botão para enviar a sua intenção👇

Intenção de missa e oração pelos doentes

O Padre Jacques Yaro Zerbo, de 67 anos de idade, nascido no Mali e que estava há mais de três décadas ao serviço da Diocese de Dédougou, no Burquina Fasso, foi assassinado nesta segunda-feira, dia 2 de Janeiro.

Num comunicado enviado para a Fundação AIS Internacional, D. Prosper Bonaventure Ky, Bispo de Dédougou, anuncia com “profundo pesar” a morte do sacerdote, acrescentando ter sido assassinado “por homens armados não identificados” em Soro, na região noroeste do Burquina Fasso. “Que o Senhor, na sua infinita misericórdia, acolha o seu servo no seu descanso eterno”, disse ainda o bispo na referida declaração.

Segundo alguns relatos publicados entretanto na imprensa local, na região onde o Padre Zerbo foi assassinado “são muito frequentes os ataques terroristas”.

Palco de violência

Durante quase uma década, o Burquina Fasso, país situado na África Ocidental, tem vindo a ser palco de violência, principalmente desde 2011, quando a Líbia mergulhou na anarquia após a queda do coronel Muammar Gaddafi. Quase em simultâneo, a região norte do Mali caiu também nas mãos de grupos radicais islâmicos.

O ambiente de insegurança que se vive no Burquina Fasso não é indiferente às atividades terroristas, quase sempre com a marca do Islão radical, que sobressaltam também países vizinhos como o Níger ou a Nigéria. Em toda esta vasta região de África estão activos diversos grupos jihadistas ligados à Al Qaeda ou ao Isis, o Estado Islâmico.

O próprio Burquina Fasso atravessa um período de instabilidade que decorre de sucessivos golpes militares. O mais recente foi em 30 de Setembro do ano passado, apenas oito meses após o tenente-coronel Damiba ter tomado o poder do ex-presidente Kaboré. O novo homem forte do país é, agora, o capitão Ibrahim Traoré.

Retaliação

O assassinato do Padre Zerbo foi precedido por um ato de enorme violência na região de Boucle du Mouhoun, no noroeste do país. Pelo menos 28 pessoas foram mortas no final do ano entre a noite de sexta-feira, 30 de Dezembro, e o dia de sábado, 31, em “retaliação”, segundo relatado na imprensa, após um ataque “terrorista” na cidade de Nouna, capital da Província de Kossi.

Nascido em Dezembro de 1956 em Kolongo, no Mali, o Padre Zerbo recebeu a ordenação sacerdotal em Julho de 1986 na Diocese de Dédougou. Nos últimos anos, destacou-se pela criação de um centro de reeducação juvenil na região de Tougan, que mais tarde teve de ser deslocado para Moundasso devido aos ataques terroristas. Era também responsável pela Comissão Diocesana que está a fazer o acompanhamento da causa de beatificação de Dii Alfred Diban Ko-Zerbo. O funeral do Padre Jacques Yaro Zerbo realizou-se ontem, dia 5, na Catedral de Santa Ana, seguido do enterro no cemitério de Tionkuy.

(Com AIS)

Tags:
PadresPerseguiçãoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia