Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 27 Janeiro |
São João Maria, chamado Muzei ou Ancião
Aleteia logo
Em foco
separateurCreated with Sketch.

Qual a relação entre ‘A Última Ceia’ e o Santo Sudário?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
LAST SUPPER

Leonardo da Vinci | Public Domain

Reportagem local - publicado em 08/01/23

Descobertas de um professor brasileiro podem revelar certa proximidade entre a obra de Leonardo da Vinci e um dos maiores tesouros da cristandade

Após revelar como seria o verdadeiro rosto da Virgem Maria a partir do Santo Sudário, o designer brasileiro e especialista em História e Arqueologia , Átila Soares da Costa Filho, revela um novo achado. Desta vez, o feito foi sobre a célebre “A Última Ceia”, de Leonardo da Vinci.

Segundo o pesquisador, o mural executado por Leonardo em 1498 para o refeitório da Igreja de Santa Maria delle Grazie (Milão), também poderá guardar um elemento oculto reafirmando uma proximidade entre o artista e o maior tesouro da cristandade de todos os tempos, o Santo Sudário – o tecido de linho que teria envolvido o corpo de Jesus após a morte e gravado sua imagem durante a ressurreição. 

“Objetivamente falando, em minhas recentes pesquisas acadêmicas sobre “A Última Ceia”, pude identificar o grupo dos apóstolos com Jesus como a própria figura do Cristo morto – idêntica à do Santo Sudário. Ou seja, a Ceia é, na verdade, o próprio Sudário de Turim. Isto é algo completamente inédito e revolucionário a respeito de tudo que já se estudou ou analisou nesta que, com a “Mona Lisa”, vem a ser uma das duas obras de Arte mais famosas da História”, explica o designer.

O especialista ainda acrescenta: “O efeito visual fica mais evidente através de um embaçamento neste conjunto que une Jesus aos apóstolos, onde poderemos notar uma figura humanóide deitada sobre a mesa – exatamente nos mesmos moldes do homem estampado no Sudário.”

Montagem da Ultima Ceia e Santo Sudário
A grande compatibilidade entre estes contornos poderia sugerir o maior segredo por trás da obra de Da Vinci?

Razões para que o pesquisador defenda esta nova visão sobre a “A Última Ceia” não faltam. Segundo ele, “já existe a identificação do rosto do Sudário nesta mesma pintura, na coluna à esquerda, acima e entre as cabeças de São Bartolomeu e São Tiago, o Menor.” 

O especialista – que é integrante do comitê científico na Mona Lisa Foundation (Zurique), da Fondazione Leonardo da Vinci (Milão) e do Comitê Nacional pela Valorização dos Bens Históricos, Culturais e Ambientais (Roma) – ainda defende que “este recurso talvez servisse para se indicar em qual lado da mesa estaria a cabeça do corpo ‘codificado’. Mais um fator é a suspeita de décadas sobre a toalha que cobre a mesa na pintura ser, na verdade, a Sagrada Mortalha. Esta é uma tese defendida pela arqueóloga e crítica de arte Yasmin von Hohenstaufen, assim como pelo recém-falecido médico e autor Gabriele Montera. Este último chegou a apresentar uma compatibilidade virtualmente precisa de dimensões entre o verdadeiro Sudário e a toalha sobre a mesa na obra-prima de Da Vinci”.

Corpo em repouso

Estranhando o fato de a toalha não apresentar nenhuma das marcas da Paixão, o pesquisador brasileiro deduziu que estas deveriam estar na composição, em algum outro lugar. E foi aí que se deu conta de que o corpo poderia, simplesmente, estar em repouso sobre a própria toalha/mortalha. E, se as desconfianças estiverem corretas, para Átila, nada mais coerente que o corpo espectral do Messias fazer parte e ser apresentado de maneira sutil e poética por sobre a própria mortalha. “A imagem fala por si: a formação dos personagens na ‘Última Ceia’ possui um nível de compatibilidade altíssimo com o que deva ter sido o corpo estampado no Sudário. Mesmo considerando que as reconstituições artístico-forenses tragam pequenas variações, entre si (principalmente nos pés), o aspecto geral permite indicar uma imensa similaridade com a icônica pintura de Da Vinci – o que sugere fortemente que, não só o artista tinha conhecimento da Síndone, como nutria grande interesse sobre a mesma”, afirma Átila.

Ele continua: “Em sendo, mesmo, algo intencional da parte de Leonardo, tal prática de ocultar referências em suas criações é um fato já bem considerado no meio acadêmico, sobretudo pelas palavras do próprio artista no ‘Tratado da Pintura’ (1632). Dizia ele: ‘Não deveríamos desprezar quem olha atentamente para as manchas da parede, os carvões no fogo, as nuvens, a correnteza da água ou coisas similares que, se bem considerados, proporcionarão encontrar criações extraordinárias a despertar o espírito do pintor para novas e diversas composições: de batalhas, de animais e homens, paisagens, demônios e outras coisas fantásticas.’”

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
apóstolosArteJesusSudário
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia