Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 04 Fevereiro |
Santo Eutíquio de Roma
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Os milagres que fizeram de Teresa uma santa

The-painting-of-St.-Therese-of-Avila-in-the-church-Chiesa-di-San-Franceso-d-Assisi-by-A.-Nicolas-1931-shutterstock

Renata Sedmakova | Shutterstock

Cécile Séveirac - publicado em 10/01/23

Teresa de Lisieux, nascida há 150 anos, escolheu o "pequeno caminho" para ir para o céu. Canonizada apenas dois anos após sua beatificação, muitos milagres são atribuídos a ela. Eles atestam a ligação especial que a pequena freira Carmelita tinha com as pessoas e a ajuda que ela lhes dava em sua angústia

“Pela autoridade de Nosso Senhor Jesus Cristo (…) declaramos santa a bem-aventurada Teresa do Menino Jesus”. A mulher carinhosamente conhecida como “la petite Thérèse” (Santa Teresinha), canonizada em 17 de maio de 1925 pelo Papa Pio XI, une-se assim à longa procissão dos santos. O ano 2023 marca tanto o 150º aniversário do nascimento quanto o 100º aniversário da beatificação da jovem Carmelita. Nesta ocasião, começa um ano jubilar, aberto no domingo 8 de janeiro por Dom Jacques Habert, bispo de Bayeux e Lisieux.

Na França e no mundo inteiro, ela é honrada e agradecida por sua constante intercessão e, muitas vezes, pelos milagres realizados, as “chuvas de rosas” que ela prometeu antes de ir para o Pai. Assim, há muitos testemunhos de milagres, mesmo depois de sua morte, quando os peregrinos visitam seu túmulo. No entanto, apenas alguns deles levaram Teresa a tornar-se uma santa aos olhos da Igreja Católica. Mas quais?

1A CURA DE UMA MENINA CEGA DE 4 ANOS

Este é o milagre que levou à abertura do processo de beatificação da santa. Era 26 de maio de 1908, quando uma menina de 4 anos, Reine Fauquet, foi com sua família ao túmulo de Thérèse Martin. Ela sofria de cegueira que foi reconhecida como incurável pelos médicos. Entretanto, após retornar de sua peregrinação, a menina recuperou a visão. Sua irmã mais velha, Marie”, escreveram as Carmelitas, “explicou que na manhã de 26 de maio, ela tinha visto a pequena se acalmar de repente após um forte ataque de dor, depois olhou para algo e sorriu antes de adormecer pacificamente. A menina então explicou a Marie, depois a sua mãe e às carmelitas de Lisieux: “Vi a pequena Teresa, ali, muito perto da minha cama, ela pegou minha mão, sorriu para mim, ela era linda, tinha um véu e estava tudo iluminado ao redor de sua cabeça”. “Como ela estava vestida?” perguntou uma das freiras. “Como você!” respondeu a pequena menina. O médico então emitiu um certificado em 6 de julho de 1908, atestando a completa recuperação de Reine Fauquet. Esta cura levou a cantora Edith Piaf, que também estava destinada a ser cega, a visitar o túmulo da santa em 1922. Ela também recuperou sua visão e manteve uma profunda devoção a Teresa de Lisieux ao longo de sua vida. Em 1909, após o milagre da menina, foi aberto um procedimento para reconhecer as virtudes heróicas da Venerável Serva de Deus.

2A CURA DE UM JOVEM SEMINARISTA QUE SOFRIA DE TUBERCULOSE

Charles Anne era um jovem seminarista de Lisieux. Em 1906, ele sofria de tuberculose pulmonar. Seu médico rapidamente lhe deu um diagnóstico desfavorável e o jovem futuro padre se preparou para a morte. Entretanto, ele decidiu rezar duas novenas a Teresinha e sua saúde se recuperou quase imediatamente. O médico ficou sem palavras! Uma radiografia, no entanto, mostra que a tuberculose desapareceu para sempre. Este milagre foi o escolhido para a beatificação de Teresa, em 29 de abril de 1923. Teresa definitivamente não gostava de esperar!

3A CURA DA IRMÃ LOUISE DE SAINT-GERMAIN

A Irmã Louise era uma noviça no Convento das Filhas da Cruz em Ustaritz (Bass-Pyrénées). Regularmente sofrendo de vômitos violentos, a jovem foi submetida a exames médicos que revelaram uma úlcera no estômago. Após vários meses na enfermaria, a Irmã Louise sentiu-se suficientemente recuperada, mas a dor voltou quase imediatamente. Num estado extremamente precário, a freira recebeu os últimos ritos. Era impossível engolir qualquer coisa, mesmo água: a irmã imediatamente rejeitava o mais leve gole ou fragmento. Muito preocupada, a comunidade voltou-se para Teresa de Lisieux e implorou-lhe que interviesse. A Irmã Louise não deveria ser superada e se uniu a este esforço de oração. “Eu gostava muito desta pequena santa, que até se dignou fazer-me sentir sua presença durante esta novena”, diz ela. “De fato, tive a impressão muito gentil de sua mão apoiada em minha cabeça como que para me tranquilizar, e durante três dias um perfume misterioso, que as irmãs não conseguiram explicar, espalhou-se pelo quarto que eu estava ocupando”, diz Louise. Mas a cura estava longe de ser certa. Desta vez, Teresinha levou seu tempo. Tanto que Louise desistiu da cura e simplesmente invocou a santa para conforto e assistência. Então, uma noite de setembro, a Teresinha apareceu à pobre irmã sofredora. “Seja generosa, em breve você estará curada, eu prometo”. Na manhã seguinte, as irmãs descobriram pétalas de rosa ao redor da cama de Louise. Alguns dias depois, a Irmã Louise acordou completamente curada, sem dor ou sintomas.

4A CURA DA IRMÃ GABRIELLE TRIMUSI

Para passar da beatificação à canonização, a Igreja Católica deve reconhecer dois milagres que são assim autenticados e que permitem que o Papa proclame a canonização. Um deles é, mais uma vez, uma cura. Gabrielle Trimusi era uma jovem italiana que entrou na Congregação das Pobres Filhas dos Sagrados Corações aos 23 anos de idade. Ela tinha um joelho ruim, mas não descansou e continuou a fazer muito trabalho doméstico que gradualmente desgastou sua articulação. E o que tinha que acontecer aconteceu: Gabrielle se viu sofrendo de uma infecção que lhe causou dores terríveis, a ponto de perder o apetite e perder peso. Após três anos de luta contra essas enfermidades e inúmeros medicamentos prescritos pelos médicos mais experientes, a jovem freira viu sua espinha dorsal afetada por sua vez. Desesperada, ela se voltou para Teresinha. No último dia da novena, Gabrielle foi até a capela e descobriu que podia ajoelhar-se sem dor para rezar. Imediatamente depois, a dor nas costas a deixou: a doença que a estava corroendo tinha acabado.

5A CURA DE MARIA PELLEMANS

Este foi o segundo milagre que abriu a porta para sua canonização. Em 1919, Maria Pellemans, de origem belga, começou a sofrer de tuberculose intestinal. Ela foi a Lourdes, em uma primeira peregrinação, para pedir a cura. Em vão. Um ano depois, Maria juntou-se a uma peregrinação a Lisieux, e após uma fervorosa oração no túmulo de Teresa, ela foi imediatamente curada. Ela então testemunhou no convento das Carmelitas em Lisieux: “Foi no salão do convento das Carmelitas que eu concebi o desejo de pedir minha cura, para que eu pudesse realizar o sonho de minha vida, de ser uma Carmelita. Apesar de minha fadiga extrema, eu queria voltar ao túmulo de Teresa. Assim que cheguei lá, um sentimento muito doce e sobrenatural me tomou, um bem-estar celestial penetrou em minha alma e em meu corpo, senti-me como se estivesse em outro mundo, inundada por um oceano de paz. Eu estava cheia de uma emoção tão extraordinária que por dentro eu pensava: estou certamente curada!”

Quando ela voltou para casa, Maria foi inspecionada por seu médico, que ficou chocado com seu diagnóstico. “Não entendo, isto não pode ser explicado naturalmente, porque o estômago e os intestinos eram incuráveis. Sim, se esta transformação persistir, podemos dizer que se trata de um grande milagre”. E, como se pode imaginar, a cura, sendo real, persistiu.

6O MILAGRE DOS GALLIPOLI

Este evento milagroso foi objeto de uma devoção tão popular que foi também objeto de uma investigação canônica. Não é uma cura, mas uma assistência dada pela santa à priora de um convento carmelita na Apúlia (norte da Itália), Madre Maria Carmela do Coração de Jesus. Esta última estava muito preocupada com as dívidas de seu Carmelo, que ela não conseguia cobrir, carente de fundos. Enquanto ela sofria, Santa Teresinha lhe apareceu em um sonho, confortando-a e falando com ela com grande gentileza. “Olha, o Senhor usa tanto os habitantes do céu quanto os da terra”, disse-lhe a santa. “Aqui estão quinhentas liras com as quais você pagará a dívida de sua comunidade”. A superiora acordou e suas filhas, vendo seu sofrimento, quis chamar o médico. “Para evitar isso, eu lhes disse que estava sob a impressão de um sonho que tinha me abalado um pouco e lhes falei disso de uma maneira simples”, Madre Maria Carmela explicou em uma carta à Madre Agnes, superiora do convento das Carmelitas em Lisieux. “Estas duas freiras queriam então que eu fosse abrir o cofre, mas eu lhes disse que elas não deveriam acreditar em sonhos, que era até mesmo um pecado. Finalmente, em vista de sua insistência, eu o fiz, mas apenas para agradá-las. Fui até a torre, abri o cofre e lá… realmente encontrei a milagrosa nota de quinhentas liras!” Este milagre fez de Gallipoli um lugar de peregrinação e, mais ainda, um lugar onde a espiritualidade e a devoção a Teresa de Lisieux se espalhou na Itália.

Desta forma, a Santa Teresinha mostrou o poder de sua intercessão na vida das pessoas, muitas vezes as mais carentes, os doentes e os solitários. Ela que havia prometido “gastar seu céu fazendo o bem na terra”, manteve sua palavra.

Tags:
Milagresanta teresinhaSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia