Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 04 Fevereiro |
Santo Eutíquio de Roma
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

A antiga sabedoria que está me dando forças em 2023

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
mulher correndo

Nenad Aksic | Shutterstock

Theresa Civantos Barber - publicado em 17/01/23

Sei que um dia vou olhar para trás e me sentir orgulhosa por ter dado tudo o que tinha, enquanto pude

Há certos dias em que eu simplesmente não quero me esforçar. Você também já se sentiu assim?

Num dia bom, faço todas as coisas que tenho que fazer. Dou aulas para os meus filhos, preparo refeições saudáveis, rezo e me exercito. Às vezes, ainda coloco toda a roupa em dia.

Mas num dia difícil, não quero fazer nada disso. Prefiro navegar pelas redes sociais no meu celular, mesmo sabendo que assim só vou me sentir pior. Não tenho vontade de cozinhar, não quero dar aulas e definitivamente não pretendo lavar, secar e dobrar a roupa.

Recentemente, encontrei uma citação de Marco Aurélio que está me motivando nesses dias difíceis.

Marco Aurélio foi um filósofo estoico – além de Imperador de Roma no século II d.C. Foi o último dos governantes conhecidos como os Cinco Bons Imperadores e o último do período da Pax Romana, uma era de predominante paz e estabilidade nos territórios imperiais.

Como pensador profundo e líder decisivo de um vasto império, ele sabia uma coisa ou duas sobre fazer o que é certo mesmo que seja difícil. E a sua sabedoria sobreviveu até os dias atuais, por meio das suas Meditações.

Ele escreveu:

“Não aja como se fosse viver dez mil anos. A morte paira sobre você. Enquanto você viver, enquanto estiver ao seu alcance, seja bom”.

Existem outras traduções do mesmo conselho, como uma que diz:

“Não viva como se tivesse mais dez mil anos pela frente. Seu destino paira sobre você. Enquanto você estiver vivo, enquanto ainda existir sobre a Terra, esforce-se para tornar-se uma pessoa verdadeiramente grande”.

A minha humilde vida de mãe educadora em “home schooling” nos subúrbios de Chicago está muito distante da época imperial de Marco Aurélio, mas, ainda assim, eu encontro muita força nessas palavras singelas. É um conceito semelhante à prática do “memento mori” (“lembra-te de que morrerás”), que está vem experimentando um ressurgimento católico nestes últimos anos.

É tentador achar que posso me esforçar mais em alguma data futura não especificada. Mas Marco Aurélio me recorda que não há garantia de que o amanhã chegará. O hoje é tudo o que eu tenho com certeza. Esta é a energia que quero trazer para 2023.

Leio suas palavras e penso: “Não guarde nada que você tenha para dar. Não economize nenhum esforço. Dê tudo, enquanto puder. Derrame cada gota por Deus e pela sua família”.

Alguns dias, quando as crianças estão doentes, o jantar está queimado e nada deu certo, realmente parece que derramei até a última gota que tinha em mim! Mas Marco Aurélio me lembra que nunca me arrependerei de fazer mais um esforço.

Sei que um dia vou olhar para trás e me sentir orgulhosa por ter dado tudo o que tinha, enquanto pude, ao longo daquela que a poetisa Mary Oliver chamava de minha “vida única, brutal e preciosa”.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
FamíliaFilosofiaVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia