Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Mistério de Nossa Senhora de cabeça para baixo intriga cidade turística do Brasil

Cidade de Ouro Preto, Brasil.

Brastock | Shutterstock

Em Ouro Preto, MG, a imagem de Nossa Senhora em um oratório intrigou moradores e visitantes

Ricardo Sanches - publicado em 24/01/23

Superstição? Protesto? Desrespeito? O que teria acontecido?

Ouro Preto é um importante destino turístico brasileiro. Localizado no estado de Minas Gerais, o município atrai visitantes por causa do seu importante patrimônio artístico, histórico e cultural.

Pela cidade, chamam a atenção os casarões centenários, as pontes, praças e igrejas em estilo barroco. Tudo foi construído por artistas e escravos na época do Ciclo do Ouro no Brasil.

Muitos desses casarões contam com pequenos oratórios particulares em suas fachadas. O costume antigo teria sido autorizado pela Igreja Católica e a ideia, como informa um cartaz, era “acalmar o pavor que dominou a população de Vila Rica no início do século 18. Vultos sinistros encapuzados, que desciam os morros à noite para cometer assaltos e roubos, eram confundidos com fantasmas pelos moradores de Vila Rica”.

Um desses oratórios, que fica na esquina das ruas Bernardo Vasconcelos e dos Paulistas, resistiu ao tempo e virou ponto turístico. Diante do nicho de vidro dedicado a Nossa Senhora do Bonsucesso, muitos visitantes fazem suas orações ou apenas tiram fotos.

O mistério da imagem de cabeça para baixo

Recentemente, entretanto, esse oratório virou alvo de um mistério que tomou conta da cidade de Ouro Preto. A estátua de Nossa Senhora do Rosário que ficava no nicho da fachada do tal casarão simplesmente apareceu de cabeça para baixo.

A notícia logo correu pela cidade e intrigou até os visitantes. Seria algum tipo de superstição ou promessa, como costumam fazer com o coitado do Santo Antônio?

Alguns moradores, inclusive, chegaram a pensar que era uma forma de protesto contra o resultado das últimas eleições no Brasil.

Todos, entretanto, concordaram que deixar a imagem de cabeça para baixo era um desrespeito com Nossa Senhora.

Mistério desvendado

Depois de alguns dias no ar, o mistério foi desvendado. O jornal “Estado de Minas” localizou o proprietário do casarão e ele explicou que a imagem de Nossa Senhora sofreu um pequeno acidente durante a descupinização que ele está fazendo no imóvel.

“Aqui em Ouro Preto está uma situação horrível de cupins, e temos que matar os insetos, pois as casas são antigas. Ao jogar o produto químico no oratório, o suporte da imagem, também de madeira, virou, e a santa caiu. Foi isso que aconteceu”, esclareceu Frederico Lamounier Ferrari, que mora no casarão com a mãe.

O proprietário ainda informou que retirou a imagem de Nossa Senhora do Rosário do oratório, pois ela sofreu alguns arranhões. No lugar dela, ele colocou uma estátua do século 18 de Nossa Senhora do Bonsucesso, para a qual o nicho fora originalmente construído. Esta última imagem foi retirada do oratório há oito anos, depois que vândalos o depredaram.

A volta da imagem original agradou os moradores.

View this post on Instagram

A post shared by Estado de Minas (@estadodeminas)

Especialistas em arquitetura afirmam que Ouro Preto já chegou a ter 14 casarões com oratórios nas fachadas, mas hoje restaram apenas três no centro histórico do município, que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Respeito às imagens sacras

As imagens sacras têm grande importância e valor para os católicos. Por isso, merecem todo o respeito, pois, como afirma o Catecismo da Igreja Católica:

“A honra prestada a uma imagem remonta ao modelo original” e “quem venera uma imagem venera nela a pessoa representada”.

CIC 2132

Tags:
BrasilDevoçãoNossa SenhoraViagem
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia