Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 26 Janeiro |
Santa Paula Romana
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Mistério de Nossa Senhora de cabeça para baixo intriga cidade turística do Brasil

Cidade de Ouro Preto, Brasil.

Brastock | Shutterstock

Em Ouro Preto, MG, a imagem de Nossa Senhora em um oratório intrigou moradores e visitantes

Ricardo Sanches - publicado em 24/01/23

Superstição? Protesto? Desrespeito? O que teria acontecido?

Ouro Preto é um importante destino turístico brasileiro. Localizado no estado de Minas Gerais, o município atrai visitantes por causa do seu importante patrimônio artístico, histórico e cultural.

Pela cidade, chamam a atenção os casarões centenários, as pontes, praças e igrejas em estilo barroco. Tudo foi construído por artistas e escravos na época do Ciclo do Ouro no Brasil.

Muitos desses casarões contam com pequenos oratórios particulares em suas fachadas. O costume antigo teria sido autorizado pela Igreja Católica e a ideia, como informa um cartaz, era “acalmar o pavor que dominou a população de Vila Rica no início do século 18. Vultos sinistros encapuzados, que desciam os morros à noite para cometer assaltos e roubos, eram confundidos com fantasmas pelos moradores de Vila Rica”.

Um desses oratórios, que fica na esquina das ruas Bernardo Vasconcelos e dos Paulistas, resistiu ao tempo e virou ponto turístico. Diante do nicho de vidro dedicado a Nossa Senhora do Bonsucesso, muitos visitantes fazem suas orações ou apenas tiram fotos.

O mistério da imagem de cabeça para baixo

Recentemente, entretanto, esse oratório virou alvo de um mistério que tomou conta da cidade de Ouro Preto. A estátua de Nossa Senhora do Rosário que ficava no nicho da fachada do tal casarão simplesmente apareceu de cabeça para baixo.

A notícia logo correu pela cidade e intrigou até os visitantes. Seria algum tipo de superstição ou promessa, como costumam fazer com o coitado do Santo Antônio?

Alguns moradores, inclusive, chegaram a pensar que era uma forma de protesto contra o resultado das últimas eleições no Brasil.

Todos, entretanto, concordaram que deixar a imagem de cabeça para baixo era um desrespeito com Nossa Senhora.

Mistério desvendado

Depois de alguns dias no ar, o mistério foi desvendado. O jornal “Estado de Minas” localizou o proprietário do casarão e ele explicou que a imagem de Nossa Senhora sofreu um pequeno acidente durante a descupinização que ele está fazendo no imóvel.

“Aqui em Ouro Preto está uma situação horrível de cupins, e temos que matar os insetos, pois as casas são antigas. Ao jogar o produto químico no oratório, o suporte da imagem, também de madeira, virou, e a santa caiu. Foi isso que aconteceu”, esclareceu Frederico Lamounier Ferrari, que mora no casarão com a mãe.

O proprietário ainda informou que retirou a imagem de Nossa Senhora do Rosário do oratório, pois ela sofreu alguns arranhões. No lugar dela, ele colocou uma estátua do século 18 de Nossa Senhora do Bonsucesso, para a qual o nicho fora originalmente construído. Esta última imagem foi retirada do oratório há oito anos, depois que vândalos o depredaram.

A volta da imagem original agradou os moradores.

View this post on Instagram

A post shared by Estado de Minas (@estadodeminas)

Especialistas em arquitetura afirmam que Ouro Preto já chegou a ter 14 casarões com oratórios nas fachadas, mas hoje restaram apenas três no centro histórico do município, que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Respeito às imagens sacras

As imagens sacras têm grande importância e valor para os católicos. Por isso, merecem todo o respeito, pois, como afirma o Catecismo da Igreja Católica:

“A honra prestada a uma imagem remonta ao modelo original” e “quem venera uma imagem venera nela a pessoa representada”.

CIC 2132
Tags:
BrasilDevoçãoNossa SenhoraViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia