Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 01 Março |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Na África, multidão se alinha por 25 km para saudar o Papa Francisco

VOYAGE PAPE RDC

Guerchom Ndebo / AFP

Des élèves parmi la foule qui fait une haie d'honneur le long de la route de l’aéroport de Kinshasa au Palais de la Nation pour le Pape François, 31 janvier 2023.

Hugues Lefèvre - publicado em 01/02/23

O Papa Francisco chegou à RDC na terça-feira à tarde para visitar um povo marcado pela violência e pela pobreza. Em Kinshasa, o pontífice encontrou a multidão de grandes viagens africanas

As imagens são impressionantes. Ao longo dos 25 quilômetros entre o aeroporto de Kinshasa e o Palácio da Nação, enormes multidões se reuniram em ambos os lados da estrada.

A cidade de cerca de 15 milhões de habitantes estava agitada com a emoção da visita de três dias. Bandeiras e cartazes gigantes foram decorados com as cores e mensagens da viagem papal.

Crianças em idade escolar exibem orgulhosamente seus uniformes enquanto milhares de congoleses tentam encontrar o melhor lugar para ver o famoso papamóvel. No final, as passarelas e os poucos promontórios foram invadidos e as numerosas forças policiais às vezes tiveram dificuldade em manter a calma.

Com seus quase 50 milhões de fiéis, o maior país católico da África está comemorando a vinda do Papa Francisco, apagando assim a grande decepção causada no ano passado com o cancelamento da viagem papal inicialmente prevista para julho de 2022.

“Há 38 anos esperamos por um papa”, disse uma mulher congolesa enquanto observava o comboio chegar ao Palácio da Nação, onde o papa fez o primeiro discurso de sua viagem africana de seis dias. Com suas visitas em 1980 e 1985, o Papa João Paulo II foi de fato o último pontífice a vir para a RDC.

Diante das autoridades do país, Francisco se apresentou como um “peregrino da reconciliação e da paz” em um país devastado pelo conflito e pela pobreza.

“Estou aqui para abraçá-los e lembrá-los que vocês são inestimáveis, que a Igreja e o Papa têm confiança em vocês”, disse ele aos milhares de convidados reunidos nos jardins do Palácio.

“Coragem, irmão e irmã congolesa! Levante-se, tome de volta em suas mãos, como um diamante muito puro, o que você é, sua dignidade, sua vocação para manter em harmonia e paz a casa em que vive”, continuou, enquanto o público, muito expressivo, saudou em voz alta as palavras de encorajamento do pontífice de 86 anos.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Aleteia Português (@aleteiapt)

//www.instagram.com/embed.js

Tags:
ÁfricaPapa FranciscoPobreza
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia