Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 22 Março |
São Basílio de Ancira
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Quando estamos desfeitos, a oração nos recria

A oração nos recria

littlenySTOCK | Shutterstock

Peter Cameron - publicado em 22/02/23

"…para que possa habitar em Vós, em quietude e tranquilidade, como se minh'alma já estivesse na eternidade"

Precisando de uma ideia para a esmola quaresmal?

Ajude-nos a difundir a fé na internet! Você poderia fazer uma doação para que possamos continuar criando conteúdos gratuitos e edificantes?

Faça aqui uma doação de Quaresma

Um poema de George Herbert (+1633) fala da oração como “o sopro de Deus no homem que retorna ao nascimento… trovão invertido… o sangue da alma”.

Ele fala a partir da situação comum de quem se sente esgotado, de coisas que estão desmoronando – de precisarmos de algo maior do que nós mesmos para sermos nós mesmos. Quando estamos desfeitos, precisamos ser refeitos. E buscamos, então, a oração para nos recriar.

O clássico espiritual A Nuvem do Desconhecido (The Cloud of Unknowing), do século XIV, fornece excelentes conselhos práticos aos que estão desgastados em busca de um modo de orar:

Sempre que fores atraído pela graça para o trabalho contemplativo e estiveres determinado a fazê-lo, simplesmente eleva teu coração a Deus com uma suave moção de amor. Pensa apenas em Deus, o Deus que te criou, te redimiu e te guiou a esta obra.

A oração poderia assumir uma forma como esta. Instalando-se num lugar tranquilo, acalme-se o máximo que puder e, então, com uma serena moção de amor, ore: Deus Amantíssimo… Vós me criastes… Vós me redimistes e me chamastes para Vós… somente pela vossa graça. Eu anseio por Vós… A Vós procuro… A Vós, e nada menos que a Vós. A simples reafirmação orante desses fatos revoga o caos, renovando-nos e rejuvenescendo-nos enquanto leva a Verdade à irrupção.

A gigante espiritual Santa Isabel da Trindade era devota deste mistério e nos anima com seu fervor:

Ó meu Deus, Trindade a quem adoro, deixai-me esquecer inteiramente de mim, para que possa habitar em Vós, em quietude e tranquilidade, como se minh’alma já estivesse na eternidade. Pacificai a minh’alma! Fazei dela um paraíso vosso, amada morada vossa e lugar do vosso repouso. Que eu nunca vos deixe só, mas sempre esteja alerta, com fé sempre atenta, sempre adorando e totalmente entregue à vossa ação criativa.

Tags:
DeusEspiritualidadeOraçãovida eterna
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia