Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Fevereiro |
Aleteia logo
Em foco
separateurCreated with Sketch.

Brasileiro recria rosto de Nossa Senhora de Guadalupe com ajuda da inteligência artificial

Imagem da Virgem de Guadalupe no México

Guadalupe Polito | Shutterstock

Ricardo Sanches - publicado em 28/02/23

O estudo chegou à fisionomia provável de uma adolescente mestiça euro-asteca, de acordo com a história das aparições da Virgem de Guadalupe ao índio Juan Diego

O pesquisador brasileiro Átila Soares da Costa Filho acaba de publicar um novo estudo que pode revelar o que seria o verdadeiro rosto de Nossa Senhora de Guadalupe.

Para chegar à imagem final, o professor levou cerca de dois meses, entre pesquisas e testes. “Realizei vários experimentos com softwares de inteligência artificial e de edição de imagens para a definição do formato do rosto e, por fim, alguns retoques artísticos manuais de minha parte. A ideia era obter uma fisionomia provável de uma adolescente mestiça euro-asteca, de acordo com o que diz a história das aparições da Virgem de Guadalupe ao índio Juan Diego Cuauhtlatoatzin, no monte Tepeyac”, explica Átila Soares.

O autor do experimento ainda destaca que as representações sobre o que seria a verdadeira aparência de ‘Guadalupana’ têm sido bem discrepantes, devido ao fato de cada pesquisador seguir uma linha de raciocínio particular. “Em minha opinião, a Maria mexicana era mestiça – e não puramente indígena, como alguns defendem – por duas razões: na imagem impressa na tilma de Juan Diego (supostamente pela própria santa) não vemos nenhum traço que indique ser ela uma descendente dos astecas. Do contrário, sua fisionomia é totalmente compatível com os fundamentos da arte europeia de então, ou seja, o gótico tardio transmutado em arte colonial hispânica”, explica o pesquisador.

Átila Soares também explica sobre a possível mestiçagem da Virgem. “Somente a cor morena na tão-venerada imagem nos dá esta noção sobre a mestiçagem de “Tonantzin Coatlaxopeuh” – como Maria ficou conhecida no sincretismo nativo, na língua náuatle. Ademais, a ideia subliminar nesta mariofania específica seria justamente a celebração da conjunção dos povos indígenas do Novo Mundo ao Velho Mundo cristão. E, para tal, nada mais emblemático que uma Maria cabocla”.

Para o pesquisador, a imagem abaixo representa o que seria o verdadeiro rosto de Nossa Senhora de Guadalupe.

Rosto de Nossa Senhora de Guadalupe recriado a partir da inteligência artificial
Rosto de Nossa Senhora de Guadalupe recriado com a ajuda da inteligência artificial pelo pesquisador brasileiro

O rosto de Maria

Átila Soares é bacharel em Desenho Industrial e especialista em Antropologia, História da Arte, Arqueologia e Patrimônio. Recentemente, um de seus estudo – o que recriou o rosto da Virgem Maria – teve repercussão mundial, com resultados apoiados pelo fotógrafo Barrie Schwortz – um dos maiores especialistas em estudos sobre o Sudário de Turim.

O pesquisador brasileiro também faz parte do comitê científico da Mona Lisa Foundation (Zurique), da Fondazione Leonardo da Vinci (Milão) e do Comitê Nacional para a Valorização dos Bens Históricos, Culturais e Ambientais (Roma).

Tags:
guadalupeNossa Senhoratecnologia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia