Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 13 Abril |
Aleteia logo
Curiosidades
separateurCreated with Sketch.

Qual é o primeiro texto da história a mencionar o nome de Jesus?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Rosto de Jesus de El Greco

Domínio Público via Wikimedia Commons

Gelsomino Del Guercio - publicado em 01/03/23

Documento de 2000 anos, considerado autêntico por pesquisadores, traça ligação entre Jesus e o rei Davi

Jesus e os apóstolos Tiago, Pedro e João são mencionados num documento que, segundo um grupo de pesquisadores, é o mais antigo já descoberto no qual se menciona o nome de Jesus Cristo.

Trata-se de tabuletas de metal unidas por anéis. Elas compõem um livreto escrito num código particular que teria sido traduzido, conforme noticiado pelos portais Daily Mail e Il Sussidiario.

A descoberta, na verdade, remonta a 2008, quando um beduíno encontrou esse artefato num vale da atual Jordânia. Segundo especialistas, corresponde ao território onde os cristãos de Jerusalém se refugiaram após a destruição da cidade em 70 dC.

Depois de serem compradas por um beduíno israelense e contrabandeadas para Israel, as tabuletas foram devolvidas à Jordânia, que as mantém no Departamento de Antiguidades. Estudos anteriores tinham sido inconcludentes quanto à sua datação; agora, porém, exames especializados as dataram no período histórico em que Jesus exerceu o seu ministério, dois mil anos atrás.

O primeiro ensinamento

A peculiaridade dessas tabuinhas é que elas explicam não revelações fantasiosas como o alegado casamento de Jesus, mas a primeira confirmação histórica dos seus ensinamentos.

Segundo o texto, Jesus teria feito parte de uma seita com origens no tempo do rei Davi, ou seja, no século X aC. Além disso, ele faria suas orações no Templo de Salomão, filho de Davi, e acreditaria num Deus ao mesmo tempo masculino e feminino, segundo antigas tradições judaicas que teriam dado origem à concepção cristã do Espírito Santo.

Templo de Salomão

O centro do cristianismo e o local do seu nascimento, portanto, teria sido o Templo de Salomão, local escolhido por Jesus para renovar a aliança com Deus. Isto explicaria a ira de Jesus contra os mercadores do templo, registrada nos Evangelhos (cf. Mateus 21,13).

Por fim, as tabuinhas, cuja linguagem é paleo-hebraica, trariam a presença de algumas estrelas de oito pontas, interpretadas como símbolo da vinda do Messias.

PAINTING OF RESURRECTED JESUS CHRIST,
Leia também:A etnia de Jesus

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Tags:
HistóriaHistória da IgrejaJesus
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia