Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

EUA teriam negado autorização a Elon Musk para testar chip cerebral em humanos

ELON MUSK, CHIP CEREBRAL

Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 07/03/23

Órgão regulador teria questionado a Neuralink sobre possíveis danos em caso de remoção

O anúncio de Elon Musk de que os chips de implante cerebral produzidos pela sua empresa Neuralink seriam testados em seres humanos ainda neste semestre sofreu um revés. Segundo a agência Reuters, a Food and Drug Administration (FDA), equivalente norte-americano à Anvisa, teria negado autorização para o início dos testes neste momento.

Fontes aduzidas pela agência relataram que o órgão regulador teria rejeitado ainda em 2022 o pedido de testes em humanos, devido à necessidade de maiores esclarecimentos sobre tópicos como a remoção segura do chip e os riscos eventuais ligados ao uso da bateria de lítio do dispositivo.

A suposta negativa da FDA aos testes da Neuralink em voluntários humanos não foi oficialmente confirmada até o momento. De fato, o próprio Elon Musk fez uma transmissão virtual no final de novembro anunciando que essa fase dos testes começaria “em menos de seis meses” a partir de então. Essa estimativa de prazo se esgota em abril.

Segundo a Reuters, a FDA e a Neuralink ainda não se manifestaram sobre a alegada rejeição ao pedido de testes.

Tags:
CiênciaSaúdetecnologia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia