Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 24 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Jesus alguma vez ficou doente?

Jesus confortado pelo anjo

Public Domain

Pe. Cido Pereira - publicado em 24/03/23

São Paulo Apóstolo nos deixa uma boa dica para deduzir a resposta

Será que Jesus, em sua vida terrena, chegou alguma vez a adoecer? Esta interessante indagação foi apresentada ao pe. Cido Pereira por uma leitora que acompanha a sua coluna de perguntas e respostas no portal O São Paulo, da arquidiocese paulistana. Ela quis saber se existe alguma passagem da Bíblia que mencione alguma eventual enfermidade do Filho de Deus feito homem.

O pe. Cido respondeu:

“Minha irmã, os evangelhos nos mostram Jesus acolhendo os doentes e curando a todos. Aos que se dirigiam a Ele dizendo ‘Senhor, se o Senhor quiser, pode me curar’, ele respondia: ‘Quero!’ E a pessoa se curava. A outros, Ele impunha as mãos. A outros, fazia algum gesto de cura. E todos recebiam o dom da saúde.

E Ele, Jesus, ficava doente?

Quem responde a esta pergunta é o apóstolo Paulo, quando nos diz que Jesus foi igual a nós em tudo, menos no pecado. Ouça o apóstolo, Maria Almerinda: diz ele que em Jesus não temos um pontífice incapaz de compadecer-se de nossas fraquezas. Ao contrário, Jesus passou pelas mesmas provações que nós, com exceção do pecado (Hb 4,14-15)”.

O sacerdote prosseguiu:

“E porque Jesus foi igual a nós em tudo, menos no pecado, é que nós o vemos vencido pelo cansaço e dormindo na barca apesar da tempestade; é que nós o vemos chorando diante do túmulo de Lázaro; o vemos irado com os vendilhões do templo e diante da hipocrisia dos fariseus; o vemos comovido consolando a viúva de Naim que tinha perdido um filho; o vemos com medo da morte, pedindo ao Pai que afastasse d’Ele aquela cruz; o vemos pedir água à samaritana para matar a sede; e o vemos gritando que está com sede lá de cima da cruz; o vemos cansado de tanto atender as pessoas e tendo de ouvir o aviso dos apóstolos de que todos o procuravam; o vemos gritando de angústia com a proximidade da morte; e o vemos dando um grito terrível na hora de morrer”.

Portanto, Jesus deu muitas mostras da sua humanidade. O pe. Cido continua:

“Jesus devia ser um homem muito forte, vigoroso. Andava pra baixo e pra cima anunciando o Reino de Deus. Derrubou gaiolas e bancas com as mãos e os pés e chicoteou os que desrespeitavam o templo. Ele morreu jovem, razão por que as enfermidades próprias da velhice não o atingiram. Mas deve ter tido suas dores de cabeça, febre, indisposições próprias da nossa condição humana.

Por ter passado tudo isso é que Ele é capaz de se compadecer de nossas fraquezas. Por ser igual a nós em tudo, menos no pecado, é que Ele, a partir dessa igualdade, faz suas as nossas dores, liberta-nos dos males físicos e espirituais e nos faz filhos de Deus como Ele, pelo Batismo”.

Tags:
BíbliaDoençaJesusSaúde
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia