Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Fevereiro |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Maternidade: dom divino, poesia do eterno

Gravida sentada e lendo

YAKOBCHUK VIACHESLAV | Shutterstock

Hozana - publicado em 24/03/23

Entenda por que os medos, as preocupações, os comentários alheios e os problemas não devem apagar a alegria de uma gestante

Conforme nos diz a Palavra, Deus é amor. Sim, Ele é o amor e o verdadeiro amor não se cansa de amar e de se doar, de servir e se multiplicar. E uma das mais fortes e misteriosas ações desse amor de Deus na humanidade se manifesta através do dom da maternidade.

Ahhh, a maternidade é dom, é palavra que verbaliza o amor paciente, generoso e incondicional de Deus pelo mundo; a maternidade é poesia, é encanto, é ternura e compaixão; a maternidade é esperança, é alegria, mas também é desafio, é fé, é serviço, é doação e missão.

Em cada mulher grávida o Senhor deseja derramar muita alegria, e que nada tire a alegria interior da maternidade, pois o milagre da vida é um novo sorriso de Deus para o mundo. Aquela criança merece a alegria. Que os medos, as preocupações, os comentários alheios ou os problemas não apaguem esta felicidade de ser instrumento de Deus para trazer uma nova vida ao mundo, pois a mãe colabora com Deus para que se verifique o milagre de uma nova vida. Sim, milagre! Pois o maternar de uma mulher é sempre um milagre ante nossos olhos.

Maternidade e mistério da criação

Cada mulher participa do “mistério da criação que se renova na geração humana”. Assim diz o Salmo “Senhor, formaste-me no seio de minha mãe” (Sl 139/138, 13). Cada criança que se forma dentro de sua mãe, é um projeto eterno de Deus Pai e do Seu amor eterno: “Antes de te haver formado no ventre materno, Eu já te conhecia; antes que saísses do seio de tua mãe, Eu te consagrei” (Jr 1, 5). Cada criança que se forma dentro de sua mãe é uma nova e única poesia que o bom Deus confia a humanidade.

Sim, poesia, pois como nos diz o Cardeal José Tolentino, a poesia é a linguagem de Deus e é ela quem prepara o coração humano a experiência com o eterno.

Papa Francisco ainda nos lembra que “maternidade não é, e nunca será, um problema; é um presente, um dos presentes mais maravilhosos que podeis ter”.

A maternidade divina

Lembremos sempre da Mãe das Mães, que nos inspira em todos os aspectos: a maternidade divina de Maria, sobre a qual assim se expressa São Pedro Damião (1007-1072), bispo e doutor da Igreja:

“Esta matéria extraordinária nos tira até a capacidade de falar. Que língua poderá explicar, que inteligência não ficaria parada de espanto se começasse a pensar que o “Criador nasce da criatura, o artesão vem de seu artefato, que o seio de uma jovem virgem tenha gerado Aquele que pode conter todo o universo?” E ainda: “Ó Virgem admiravelmente fecunda que, num novo e inédito milagre, recolhe no seio Aquele que é sem medida, gera o eterno e dá à luz o que foi gerado antes dos séculos” (MM, p. 36).

PREGNANT-GROSSESSE-SMILE-shutterstock_493063273-e1661510431958.jpg
Nada deve apagar a alegria de uma mulher diante da maternidade.

Novena

Olhando para a maternidade como dom e missão, como essa experiência mística e miraculosa do amor de Deus vivendo e se movendo em nós, através da fecundidade da vida nova, imploremos a Maria Santíssima, Mãe de Deus, que nos torne capazes de compaixão e cuidado, nesta época poluída pela desconfiança e pela indiferença. Capazes de comover-se e de parar diante do outro, sempre que for necessário.

Rezando na Festa da Anunciação do Anjo Gabriel a Nossa Senhora, no dia 25/03, lançamos o convite para que você mergulhe ainda mais nesse mistério e vivencie, junto com Maria, esses nove meses de oração, espera, amor e gestação de uma vida nova em Cristo Jesus com a novena 9 meses com Maria da Anunciação ao nascimento de Jesus. Clique aqui para se inscrever!

Com esta novena, escrita pelo Pe. Luís Erlin, aprenda com Nossa Senhora a gestar Jesus no íntimo da sua alma. É a própria Mãe de Jesus que retratará, com passagens bíblicas e reflexões, a sua experiência da maternidade. Que nesses nove meses o Menino Deus encontre abrigo em nossos corações. 

Julyana Bringel, pelo Hozana

Tags:
GravidezMaternidadeMulher
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia