Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Vaticano facilita acesso à Basílica de São Pedro para sacramentos

Basílica de São Pedro

Vlas Telino studio | Shutterstock

Basílica de São Pedro

J-P Mauro - publicado em 31/03/23

Nova rota de entrada é dedicada aos peregrinos e fiéis que querem praticar a fé, em vez de estarem no Vaticano apenas como turistas

A Fábrica de São Pedro, instituição vaticana responsável pela manutenção da Basílica de São Pedro, anunciou uma nova iniciativa que facilitará a entrada na basílica para quem deseja participar dos sacramentos e da oração. As mudanças incluirão um período diário em que a entrada será permitida sem ingresso para os peregrinos.

Segundo o Vatican News, o comunicado divulgado na terça-feira observou que “um novo trajeto dedicado aos peregrinos e fiéis foi aberto na Praça de São Pedro ad experimentum”. A frase latina “ad experimentum” significa que a iniciativa é um teste para identificar ajustes que eventualmente precisem ser feitos.

A nova rota de entrada é dedicada aos peregrinos e fiéis que querem praticar a fé na Cidade do Vaticano, em vez de estarem lá somente como turistas:

“O percurso dentro da Basílica do Vaticano segue pelo corredor direito e permite aos peregrinos chegar aos lugares mais significativos da vida espiritual e litúrgica: a imagem da Pietà, o Altar de São João Paulo II, a Capela do Santíssimo Sacramento, a Capela Gregoriana com a imagem de Nossa Senhora do Socorro, a área reservada aos penitentes para o Sacramento da Reconciliação, até chegar ao Altar da Cátedra e à Capela de São José para a celebração da Santa Missa. Ao chegar à Capela de São José, o roteiro obriga a sair passando pelas Grutas do Vaticano”.

Embora a rota seja nova, os horários serão os mesmos, permitindo o acesso à basílica das 6h50 às 18h40. Agora, porém, esses visitantes não precisarão de ingresso para entrar. A declaração observou que a basílica e outros “locais de atos litúrgicos” estarão disponíveis de modo “completamente gratuito”.

O cardeal Mauro Gambetti, presidente da “Fabbrica di San Pietro”, afirmou que essas mudanças vão ao encontro dos “desejos do Santo Padre” e devem ajudar a conter as longas filas que se formam nos portões da Praça de São Pedro. Ele disse:

“Estamos introduzindo em caráter experimental uma rota privilegiada para permitir que os fiéis, grupos de oração e peregrinos venham rezar em São Pedro e participar dos sacramentos com facilidade, sem esperar em longas filas”.

Além disso, os peregrinos que chegarem a São Pedro como parte de sua jornada, ou “caminho”, poderão mais facilmente apresentar suas credenciais e coletar o pergaminho do “testimonium”. Esses papéis autenticam e certificam que uma peregrinação à basílica foi concluída. Vários percursos de peregrinação pela Europa oferecem este tipo de certificados, sendo o mais conhecido o Caminho de Santiago, na Espanha.

Embora o Vaticano não tenha especificado quanto tempo durará esse período “experimental”, é provável que os novos arranjos permaneçam em vigor se forem considerados benéficos para os fiéis.

A iniciativa chega a tempo de o Vaticano preparar-se para os milhões de peregrinos que devem fazer a sua jornada de fé a Roma no Jubileu de 2025.

Tags:
CatólicosIgrejaVaticano
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia