Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Pai de menino assassinado em Blumenau: “Eu perdoo. Como cristão, peço que Deus conforte o coração de todas as famílias”

Bruno Bride, pai do menino Bernardo Cunha Machado, 5 anos, vítima de ataque a creche em Blumenau

O Município Blumenau | YouTube (Captura de Tela)

Bruno Bride, pai do menino Bernardo Cunha Machado, 5 anos

Francisco Vêneto - publicado em 06/04/23

"E eu vou honrar a memória do meu filho todos os dias"

Tem repercutido nas redes sociais o impactante depoimento de Bruno Bride, pai do pequeno Bernardo Cunha Machado, de 5 anos: o menino foi uma das quatro crianças assassinadas selvagemente na manhã desta quarta-feira, 5 de abril, durante ataque à creche Cantinho do Bom Pastor, em Blumenau, SC.

“Tem pessoas que estão inconformadas com a situação. Normal. Alguns estão desejando muito mal à pessoa que atacou nossos filhos, as crianças. Não julgo elas. Mas eu, no meu sentimento, como pessoa, eu não posso me permitir como cristão. Nos valores que Cristo me ensinou, eu perdoo a vida dessa pessoa. Eu não conheço, nunca nem vi, não sei quem é. Mas eu, como cristão, peço que Deus conforte meu coração para lidar com essa situação. E eu vou honrar a memória do meu filho todos os dias. E que Deus conforte o coração de todas as famílias.

Eu posso falar qualquer coisa aqui, não vai amenizar a dor de ninguém. Mas eu, os meus valores, como cristão, como militar, eu vou lutar contra tudo, com todas as minhas forças, para continuar no caminho do Senhor. E eu agradeço a Deus por todos os momentos que vivi com meu filho. Então, a partir de hoje, a memória dele vai ser honrada no meu coração. E que Deus conforte o coração de cada um que está aqui dentro, de todo mundo, porque só quem está sentindo o drama na pele sabe. Então que Deus nos dê a graça para continuar”.

Tags:
PerdãoTestemunhoTragédiaViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia