Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

3 promessas do Terço da Divina Misericórdia

Terço

Svett | Shutterstock

Philip Kosloski - publicado em 17/04/23

Jesus fez várias promessas a Santa Faustina e a todos aqueles que rezarem o Terço da Divina Misericórdia com fé sincera

A religiosa polonesa Santa Faustina Kowalska recebeu durante a década de 1930 diversas revelações particulares de Jesus. Ela escreveu essas visões no seu Diário, que, mais tarde, se tornou a base para a instituição do Terço da Divina Misericórdia, bem como do Domingo da Divina Misericórdia.

No Diário, ela registrou várias promessas que Jesus havia feito a ela e a todos aqueles que rezassem o Terço da Divina Misericórdia com fé sincera e honesta.

Como acontece em revelações privadas semelhantes, Jesus não instituiu um atalho para o Céu: portanto, não basta que uma pessoa desonesta em sua fé repita mecanicamente as palavras do Terço e só por isso garanta o Céu. Essas promessas são sempre presentes dados a um indivíduo que está pronto para recebê-los.

Eis as três principais promessas que Jesus fez a Santa Faustina:

“Quando os pecadores endurecidos o rezarem, encherei suas almas de paz e a hora de sua morte será feliz” (Diário, n. 1541).

“As almas que rezarem este terço serão abraçadas pela Minha misericórdia durante a vida e especialmente na hora da morte” (Diário, n. 754).

“Quando rezarem este Terço na presença dos moribundos, Eu me colocarei entre Meu Pai e o moribundo, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso” (Diário, n. 1541).

Tags:
MisericórdiaRosárioTerço
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia