Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Em foco
separateurCreated with Sketch.

Aprendendo a ser humano

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Homem no campo de braços abertos

Kitja Kitja | Shutterstock

Peter Cameron - publicado em 19/04/23

Aleteia lança série especial de artigos para ajudar os leitores a florescer na compreensão e na vivência de sua humanidade

Foi assim que Santo Irineu definiu a glória de Deus: “A glória de Deus é o ser humano plenamente vivo”. Mas como estar plenamente vivo? Mais fácil falar do que fazer…

É por isso que a Aleteia está lançando uma série intitulada “O Ser Humano Plenamente Vivo”. Nosso objetivo é fornecer um pequeno ensaio para ajudar as pessoas a florescer na compreensão e na vivência de sua humanidade.

Às vezes, a gente encara o ser humano como uma coisa fácil – um acéfalo, algo automático. Eminente teólogo do século XX, o padre dominicano Colman O’Neill afirma que é exatamente o contrário:

“A fé do cristão leva o homem a reconhecer que o projeto de ser humano não está ao seu alcance. O reconhecimento desta incapacidade de ser humano é uma primeira abertura do coração humano à necessidade de uma nova e divina iniciativa, um ato de amor divino, triunfante sobre o pecado.”

Já o teólogo moral Pe. Servais Pinckaers defende a seguinte tese:

“O humano é mais do que humano: a teoria moral nunca pode compreender verdadeiramente o significado completo do próprio humano, a menos que perceba que o humano é sempre maior do que nossa ideia dele…Nenhum conceito de humanidade pode conter adequadamente as melhores e mais nobres qualidades da pessoa humana.”

Ele acrescenta:

“A dimensão humana revela-se, sobretudo, nos momentos de prova e sofrimento, que nos tocam intimamente e nos mostram a verdadeira realidade. Também nos torna sensíveis ao sofrimento dos outros e nos ensina aquela bondade de coração que descrevemos como ‘humana’. O humano também se revela no amor e no ódio, na esperança e no desânimo, na tristeza, no medo e na alegria, em todas as agitações do coração humano, que nos abrem os segredos da vida.”

O drama humano básico

Quem de nós não busca uma ajudinha a mais para enfrentar as questões levantadas pela cultura, a confusão causada por tantas questões conflituosas? O Papa São João Paulo II nos disse que “o drama humano básico é a incapacidade de perceber o sentido da vida, de viver sem sentido”. 

Então, os tópicos a serem abordados nesta séria da Aleteia incluem muito do que precisamos ler e aprender, a fim de nos tornarmos um ser humano mais informado, animado e convicto. São eles: a inquietação do coração por Deus, a felicidade, as bem-aventuranças, as virtudes teologais, as virtudes morais, os frutos do Espírito Santo, o sentido religioso, a verdade, a amizade, a liberdade, a fragilidade, o mistério do sofrimento, a perseverança, beleza, relacionamentos, oração, bondade, traição, sacrifício, maravilha, desejo, generosidade, liturgia, confiança, expectativa, pecado e perdão, amor gratuito, riso e humor, solidão, perda, dependência, saúde e boa forma, comunidade, gratidão, destino, missão, crescimento, ser necessário, estudar e aprender, desapego, compaixão, bondade, ternura, significado, propósito, risco e santidade.

Vincent van Gogh observou certa vez: “Eu não daria dois centavos pela vida se não houvesse algo infinito, algo profundo, algo real”. Existe  algo infinito, profundo e real, e a série “O Ser Humano Plenamente Vivo” vai mostrar isso, a fim de que você possa abraçar o Infinito e deixá-lo preencher sua vida em plenitude

Não perca os próximos artigos!

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia