Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Uma fascinante pintura sacra para inspirar a devoção eucarística

A Eucaristia: A Verdadeira Presença de Jesus Cristo, de Diane St. Germain LWS-M

Diane St. Germain, LWS-M | Cortesia

A Eucaristia: A Verdadeira Presença de Jesus Cristo, de Diane St. Germain LWS-M

J-P Mauro - publicado em 24/04/23

Concurso de arte na arquidiocese de Nova Orleans gera frutos extraordinários para a nossa meditação

As belas artes podem inspirar a nossa fé e até nos ajudar na conversão. Um dos exemplos mais famosos é a pintura “Divina Misericórdia”, inspirada nos relatos da aparição de Jesus a Santa Faustina Kowalska em 1931.

Com a Igreja nos Estados Unidos envolvida até 2024 no seu Reavivamento Eucarístico Nacional, a arquidiocese de Nova Orleans recorreu à arte como campo de contribuição espiritual poderoso. Em 2021, convidou artistas da comunidade local a enviarem seus trabalhos para um concurso cujo tema foi “O Ano da Eucaristia e São José”.

Várias obras preciosas foram apresentadas, e, entre elas, destacamosA Eucaristia: A Verdadeira Presença de Jesus Cristo“. A artista é Diane St. Germain LWS-M, que conduz o nosso olhar por uma jornada a partir do inferior da pintura, marcado por tons escuros, até o topo, totalmente iluminado.

A obra

A Eucaristia: A Verdadeira Presença de Jesus Cristo, de Diane St. Germain LWS-M
A Eucaristia: A Verdadeira Presença de Jesus Cristo, de Diane St. Germain LWS-M

A parte inferior da imagem nos remete à escuridão do mundo na época do nascimento de Cristo. Ressalta-se a luz na área do presépio, que procede do Menino Jesus e da Estrela de Belém anunciadora do Seu nascimento. Vemos ao lado Sua Mãe, Maria, e o pai putativo, São José, junto a um cordeiro que nos recorda o que está por vir no mistério pascal: o Filho de Deus, afinal, Se encarnou para sacrificar-Se como o Cordeiro de Deus, cuja morte é a única expiação perfeita pelos pecados do mundo.

À medida que avançamos na pintura de baixo para cima, contemplamos imagens do Crucifixo transpostas sobre o Cálice, a Hóstia e o Cristo Ressuscitado. Uma luz intensa e vibrante emana da hóstia partida, enfatizando o significado da Eucaristia: o Corpo, o Sangue, a Alma e a Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo estão verdadeiramente presentes em cada Missa, sob as aparências do pão e do vinho. Pela recepção frequente de Jesus Cristo no Santíssimo Sacramento, unimo-nos espiritual e fisicamente a Ele e somos transformados à Sua semelhança.

Diane completa a jornada vertical com os portões do céu entreabertos: não estão escancarados, o que simboliza a necessidade do nosso esforço para unir a nossa vida a Cristo, já que a promessa da vida eterna no céu se submete à nossa aceitação confirmada em verdadeira conversão.

Embora a peça tenha sido pintada sob o tema “O Ano da Eucaristia e São José”, ela se destaca como peça digna de meditação atemporal.

A artista

Diane St. Germain é uma célebre artista local da Louisiana. Recebeu recentemente a distinção de Master Signature Status pela Louisiana Watercolor Society, fonte das suas iniciais pós-nominais LWS-M. Católica devota, ela participa ativamente da vida de sua paróquia, a igreja de Nossa Senhora de Lourdes em Slidell.

Diane se encontrou em março deste ano com o arcebispo de Nova Orleans, com Gregory Aymond, que descreveu a obra de arte sacra da artista como “teologicamente correta”. O arcebispo deu a sua permissão e incentivo a Diane para usar a peça como “ferramenta de evangelização”, destacando o Mistério Pascal e a Eucaristia. Desde então, ela tem exposto a sua arte em aulas para crianças e adolescentes, nas quais explica a real presença de Jesus Cristo na Eucaristia.

Tags:
ArteEucaristiaPaixãoPáscoaRessurreição
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia