Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Freiras carmelitas com serras, escavadeira e trator

redovnice karmelicanke v Hradcanih

Vatican News

#image_title

Marjan Pogačnik - publicado em 03/05/23

Religiosas tchecas reformam fazenda abandonada com suas próprias mãos e a transformam em um mosteiro

As freiras carmelitas da Comunidade São José, próxima ao Castelo de Praga, em Hradčany, sentiam-se sufocadas. Seu prédio não fora construído para uma ordem de clausura e, embora Santa Teresa d’Ávila tenha aconselhado que os mosteiros carmelitas deveriam ter um grande jardim, elas não tinham quase nenhum digno de nota. Elas estavam cercados de barulho por causa das multidões de turistas. Assim, em 2005, decidiram se mudar para o campo.

Propriedade agrícola coberta de vegetação

Inicialmente, sua comunidade relativamente jovem – com idades entre 25 e 50 anos, seis das nove têm votos perpétuos – pretendia construir um novo mosteiro, mas depois de muitas visitas aos terrenos, elas decidiram comprar e renovar uma propriedade agrícola. Em 2018, elas compraram uma fazenda abandonada em Drasty, perto de Praga, e começaram a reformá-la por si mesmas.

As religiosas se mudaram para lá em 2020, deixando o mosteiro de Praga para os Irmãos Carmelitas descalços. A fazenda de propriedade da Igreja, desnacionalizada apenas 25 anos após a democratização, estava em tal estado de degradação que muitos não acreditavam que pudesse ser restaurada, escreveu a irmã Marie em um artigo para o Vatican News.

“Era como se alguém tivesse decidido transformar a fazenda em um grande aterro sanitário, que depois foi coberto de árvores.”

O trabalho de renovação que elas empreenderam imediatamente após a compra foi aprovado pela Ordem. “No início, trabalhamos sozinhas, mas depois São José, a quem sempre nos recomendamos todos os dias, começou a nos enviar muitos ajudantes generosos”, diz a Ir. Marie.

redovnice karmelicanke v Hradcanih

Primeiro, os resíduos tinham de ser eliminados, as ervas daninhas e as árvores indesejadas tinham de ser removidas. As motosserras se tornaram equipamentos essenciais. Alguns aprenderam a dirigir um trator Zetor 25K (1959) doado, que dizem ser o mais antigo da comunidade, e uma pequena escavadeira.

Elas tentam fazer o máximo possível do trabalho por conta própria para economizar dinheiro em tempos de inflação alta e deixaram o trabalho de construção principal para uma empresa. De acordo com o plano financeiro inicial, dois terços dos custos de renovação deveriam ser cobertos pela venda do mosteiro de Hradčany e o restante por doações, mas o custo de vida levou a necessidades maiores.

Mais próximo da natureza e das pessoas

“Aos poucos, fomos nos apaixonando por este lugar”, dizem as irmãs Marketa e Milada, “é mais próximo da natureza e das pessoas”. Durante a reforma, elas estão tentando manter os princípios básicos de sua rotina o máximo possível, mas ajustaram um pouco sua programação para ter mais tempo para trabalhar. Além das celas para as irmãs, o novo complexo do mosteiro também incluirá uma casa de hóspedes para aqueles que desejam silêncio e oração.

Um grande parque será acessível a todos, com um playground para crianças próximo a ele. A ala de serviços públicos abrigará oficinas e uma loja. O pomar terá macieiras em flor e a horta terá abobrinhas amadurecendo. Os antigos estábulos serão convertidos em 11 apartamentos para inquilinos.

As freiras são inspiradas na construção do novo mosteiro pela fundadora do mosteiro de Praga no século XVII, a Serva de Deus Mãe Maria Electa de Jesus. Seus restos mortais foram transferidos para a fazenda. Elas certamente podem contar com sua intercessão, pois ela esteve presente durante sua vida na fundação de três mosteiros – em Graz, Viena e Praga.

Gratas pela sujeira em suas mãos

Como Ir. Marie disse ao jornal Katolický týdeník, as irmãs em seu novo local estão experimentando uma proximidade especial com Deus, o Criador. Elas são gratas por poderem andar descalças no prado, pelas lindas flores que cresceram em lugares onde as ervas daninhas foram removidas, pela floresta na qual podem se esconder do sol…

“A ajuda e a proteção de Deus são quase tangíveis”, diz ela. “Você já agradeceu a Deus pela sujeira em suas mãos e pela lama em suas roupas? Pelo gato no trator e pelo inseto no banheiro? Eu nunca havia feito isso. Até que me tornei parte de uma comunidade de nove mulheres que deram a Deus a oportunidade de mostrar Sua onipotência”, diz ela.

Os visitantes também estão ansiosos pelo novo mosteiro. “Eles sempre nos contam sobre a paz e a alegria que sentem aqui. Esperamos que Drasty se torne um lugar revitalizante para toda a região”, dizem as carmelitas.

Tags:
freirasIgrejamongesReligiosos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia