Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Antes um criador de peixes, ele agora alimenta mais de 2 milhões de crianças no mundo

Mary's Meal, Humanitaire

Cécile Séveirac

Le fondateur de Mary's Meal, Magnus MacFarlane-Barrow.

Cécile Séveirac - publicado em 04/05/23

Magnus MacFarlane-Barrow é o fundador da Mary's Meal, uma organização humanitária que oferece a 2,4 milhões de crianças dos países mais pobres uma refeição todos os dias e acesso à educação. Sua regra de vida: "Nunca se esqueça de confiar na graça de Deus"

Ele é escocês, pai de sete filhos e fundador de uma instituição de caridade que alimenta 2,4 milhões de crianças em todo o mundo todos os dias. Magnus MacFarlane-Barrow nunca imaginou que um dia alcançaria tal objetivo. Aos 24 anos de idade, as guerras na Iugoslávia estouraram. Ele tinha ido a Medjugorje (na atual Bósnia-Herzegovina) em 1983 com sua família quando tinha quase 15 anos de idade e foi profundamente afetado pelo conflito que dividiu sérvios, croatas e bósnios. O jovem era um criador de peixes. Ele tirou uma semana de férias e decidiu ir a Medjugorje com seu irmão Fergus em um jipe de ajuda humanitária. “Foi muito difícil para mim ver as pessoas sofrendo. Eu tinha uma conexão especial com os católicos de lá quando ia com minha família”, Magnus relembrou à Aleteia.

Depois de 20 viagens da casa da família em Dalmally (ao sul de Glasgow) para a Bósnia-Herzegovina, Magnus criou a Scottish International Relief, que trabalha com crianças abandonadas, principalmente na Romênia, dando-lhes um lar, além de enviar ajuda material para a Croácia e a Bósnia-Herzegovina.

“Deixar meu emprego não foi um grande sacrifício para mim. Quando olho para trás, sou muito grato a Deus pela nova vida que ele me deu”, diz Magnus. “Eu era naturalmente muito tímido. Nunca pensei que seria capaz de fazer o que faria, e ainda me surpreendo todos os dias com o fato de que estava errado. Não me arrependo de nada: pelo contrário, não consigo imaginar outra coisa. É como um presente infinito que você continua abrindo.

Acho que nunca devemos esquecer de confiar na graça de Deus

Em 2002, Magnus estava em uma viagem ao Malaui quando um garoto de 14 anos lhe disse que seu maior sonho era ter o suficiente para comer e ir à escola. O que se seguiu foi uma aventura extraordinária, na qual Magnus assumiu a missão de levar as crianças à escola com uma refeição diária.

A SIR se tornou a Mary’s Meal. Logo, a escala do trabalho é tal que o próprio Magnus diz que a Providência está tomando conta.

“Acredito firmemente que todo esse trabalho é permitido pela Providência. É importante lembrar e ter em mente que estamos completamente conectados a Deus em tudo o que fazemos”, diz Magnus. “Eu vejo isso todos os dias: é Deus e somente Deus que permite que as pessoas façam coisas incríveis e revolucionárias. Acho que a Virgem Maria tem um papel muito especial. Eu a amo muito. Ela está sempre comigo desde Medjugorje. Foi ela quem mudou minha vida”.

De 200 crianças alimentadas no Malaui em 2002, a Mary’s Meal está crescendo para mais de 2 milhões até 2023 em diferentes países do mundo, muitas vezes esquecidos: Haiti, Sudão do Sul, Etiópia… e até Tigray, onde a ONG trabalha em colaboração com as Filhas da Caridade.

“Temos a ideia de que toda criança deve ter o suficiente para comer. E isso é cada vez mais possível, porque os recursos permitem isso. Nós nos concentramos em cada escola para ajudar, passo a passo.”

Ser cristão não é chato

Diante da magnitude da tarefa, não há como desistir. Magnus parece confiante, até mesmo sereno. “É claro que há muitos desafios, mas isso nunca é um fardo. Acho que nunca devemos esquecer de confiar na graça de Deus. Felizmente, nem tudo depende de mim, caso contrário, eu não dormiria a noite toda! E, graças a Deus, eu durmo muito bem”, ele ri.

Para os jovens, Magnus aconselha: “Acho que os jovens não devem pensar que não são qualificados ou competentes para fazer isso ou aquilo, ou que não podem fazer a diferença. Todos podem! Deus tem um plano para todos nós. Ser cristão não é chato. Se você quer uma vida de aventura, siga a Cristo. Você terá uma”.

Tags:
CaridadeCriançasPobreza
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia