Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 22 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Este é o melhor presente para uma criança na sua Primeira Comunhão

Primeira Comunhão

Marko Vombergar-ALETEIA

Primeira Comunhão

Philip Kosloski - publicado em 09/05/23

O propósito é que todo católico se lembre para sempre e nunca deixe de encantar-se com esse presente tão especial

Qual é o melhor presente que uma criança pode receber na sua Primeira Comunhão? Será uma Bíblia novinha em folha, um crucifixo caro, um livro de espiritualidade adequado à sua idade?

O melhor presente que uma criança pode receber na sua Primeira Comunhão é o próprio Jesus!

Aliás, deve ser um propósito de toda família e comunidade católica que os seus membros se lembrem para sempre e nunca deixem de encantar-se com esse presente tão especial.

Ao relembrar a sua Primeira Comunhão, o Papa Bento XVI compartilhou o que sentiu naquele dia:

“Mas, no centro das minhas recordações alegres e bonitas está o pensamento o mesmo já foi dito pelo vosso porta-voz que compreendi que Jesus tinha entrado no meu coração, tinha feito visita justamente a mim. E com Jesus, Deus mesmo está comigo. Isto é um dom de amor que realmente vale mais do que tudo que pode ser dado pela vida; e assim estava realmente cheio de uma grande alegria porque Jesus tinha vindo até mim”.

São João Paulo II descreveu a Primeira Comunhão de Santa Teresa de Lisieux ao se encontrar com crianças em 1979.

“Santa Teresa do Menino Jesus, recordando o dia da sua Primeira Comunhão, escrevia: ‘Oh, como foi doce o primeiro beijo que Jesus deu à minha alma!… Foi beijo de amor, sentia-me amada e dizia por minha vez: amo-vos, ofereço-me a vós para sempre… Teresa tinha desaparecido como gota de água que se perde no meio do oceano. Ficava só Jesus: o mestre, o Rei’ (Teresa de Lisieux, Storia di un’anima: Ediz, Queriniana, 1974, Man. A, Cap. IV, pág. 75). E pôs-se a chorar de alegria e consolação, entre o espanto das companheiras”.

Infelizmente, nossos filhos nem sempre têm a mesma reação a esse presente. Como ocorre com todas as graças, dependerá do quanto a criança está bem preparada para receber Jesus e do quanto ela é consciente de Quem está recebendo.

Isso não deve nos impedir de tentar explicar aos nossos filhos que eles receberão o mais belo dos presentes – e nós mesmos devemos lembrar que recebemos esse mesmo presente em toda comunhão.

Tags:
CatecismoComunhãoCriançasEucaristiaJesus
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia