Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 13 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

É obrigatório o sinal da cruz ao passar por uma igreja?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Sinal da Cruz

Marko Vombergar-ALETEIA

Pe. Cido Pereira - publicado em 26/05/23

O sinal da cruz perde todo sentido quando o fazemos sem pensar no seu profundo significado, explica o pe. Cido

Uma leitora da coluna de perguntas e respostas do pe. Cido Pereira no portal O São Paulo, da arquidiocese paulistana, quis saber do sacerdote se existe a obrigatoriedade de fazer o sinal da cruz quando se passa diante de uma igreja.

O sacerdote começou os esclarecimentos recordando que não se cansa de falar sobre o significado da cruz de Jesus para todos nós. Em seguida, contextualizou:

E falou da cruz de Cristo:

“Pois bem, o doce Jesus, o manso Cordeiro de Deus, depois de um julgamento iníquo, mentiroso, marcado pelo ódio, carregou sua cruz morro acima, foi nela pregado e nela morreu. E na morte de Jesus, no sangue derramado por Jesus, fomos todos lavados de nossos pecados. E olha que coisa bonita! Aquele instrumento de tormento tornou-se sinal de libertação. Aquele instrumento de morte tornou-se instrumento de vida. Aquele instrumento de perdição tornou-se sinal de salvação. Aquele instrumento de maldição tornou-se um sinal de benção.

Não é à toa que, quando vamos pelas estradas e caminhos do mundo e encontramos uma cruz, a gente se lembra: aqui morreu uma pessoa que foi salva pela cruz de Jesus. Nos cemitérios, a mesma coisa. A cruz no túmulo indica: aqui está sepultado um discípulo de Jesus. A cruz no topo dos templos nos diz: aqui se reúnem aqueles que aceitam Jesus, o Salvador morto na cruz e ressuscitado pela salvação do mundo. A cruz que traçamos sobre o nosso corpo significa que queremos a bênção prometida por Jesus quando nos disse que do alto da cruz atrairia todos a ele”.

O pe. Cido então abordou especificamente a pergunta recebida:

“O passar diante de uma igreja e fazer o sinal da cruz é um gesto bonito de piedade. Só isso. E não se trata de um gesto obrigatório. Claro que não!

Só mais uma coisinha. O sinal da cruz perde todo sentido quando o fazemos sem pensar no seu profundo significado. Vamos lhe dar sentido, pensando em tudo que Jesus fez carregando a nossa cruz. E se daí nos decidirmos a carregarmos as cruzes uns dos outros… aí estaremos entendendo mesmo o significado da cruz e vivendo a espiritualidade da cruz”.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Tags:
CatecismoCruzDoutrina
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia