Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Papa tem noite tranquila após cirurgia

Pope Francis during his weekly general audience June 07 2023

Antoine Mekary | ALETEIA

I. Media - publicado em 08/06/23

Após a operação, Francisco fez até piada com os médicos; internação deve durar de cinco a sete dias

A equipe médica que acompanha o Papa Francisco informou que o Pontífice “transcorreu uma noite tranquila, conseguindo repousar de modo prolongado; está em boas condições gerais, vigilante e respira espontaneamente”.

Na quarta-feira, 7 de junho, o Papa Francisco, de 86 anos, foi submetido a uma cirurgia de hérnia intestinal com risco de oclusão. A operação durou três horas e aconteceu no Hospital Policlínio Gemelli, em Roma.

Os médicos estimam que o Pontífice deve ficar internado de cinco a sete dias para se recuperar da operação.

A cirurgia e a recuperação

O Papa “reagiu bem” à cirurgia e à anestesia geral, disse o Dr. Sergio Alfieri, diretor do Departamento de Ciências Médicas e Cirurgia Abdominal e Endócrina do Gemelli. De acordo com o médico, depois da cirurgia o Pontífice fez até uma piada com a equipe médica. Alfieri é o mesmo cirurgião que realizou a operação de cólon do Papa em julho de 2021. Segundo o cirurgião, o Papa, quando acordou, brincou sobre já ter feito duas operações com ele: “Quando é a terceira?”, perguntou Francisco.

Durante a operação, explicou Sergio Alfieri, foram encontradas “aderências tenazes”, devido a cicatrizes de operações anteriores.Essas cicatrizes estavam causando sintomas dolorosos “cada vez mais frequentes”. A operação, planejada nos últimos dias pela equipe médica que atende o Pontífice argentino, liberou essas aderências e corrigiu a hérnia por meio de cirurgia plástica na parede abdominal, com o uso de uma “malha protética”.

O Papa não tem outras doenças

O Papa Francisco tinha ido ao Gemelli na véspera da cirurgia, em 6 de junho, para exames médicos pré-operatórios. “O Pontífice não tem outras doenças e nenhuma outra patologia foi encontrada”, esclareceu Sergio Alfieri.

 Ele também destacou que o Papa “nunca teve problemas com anestesia geral – nem há dois anos, nem hoje”. Mas “ninguém gosta de ser posto a dormir”, frisou, referindo-se às declarações do Pontífice de que “não tinha administrado bem” a anestesia em julho de 2021.

O cirurgião disse que esse tipo de cirurgia requer de “cinco a sete dias” de repouso, mas sugeriu que a idade do Santo Padre pode exigir um período mais longo de recuperação. A Prefeitura da Casa Pontifícia já cancelou as audiências previstas na agenda pontifícia até 18 de junho.

Tags:
Papa FranciscoSaúdeVaticano
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia