Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Padre é morto a tiros na Nigéria

Ks. Charles Onomhoale Igechi

@AEDenFrance | Twitter

Reportagem local - publicado em 13/06/23

Padre Charles é o 17.º sacerdote assassinado na Nigéria desde 2006 e o segundo neste ano

O padre Charles Onomhoale Igechi, sacerdote da arquidiocese de Benin, no sul da Nigéria, foi morto a tiros quando voltava de um trabalho pastoral. O corpo foi encontrado em uma rua na colina de Ikpoba, conforme anunciou Dom Augustine Akubeze, arcebispo de Benin City.

Dom Akubeze disse estar “muito chocado” com a notícia da morte do jovem sacerdote, que deveria comemorar seu primeiro aniversário sacerdotal em 13 de agosto. “A agência de segurança competente foi informada e está atualmente trabalhando neste ataque”, afirmou o arcebispo. “Rezamos para que os autores desse ato malicioso sejam levados à justiça”, concluiu.

Padre Charles é o 17º sacerdote assassinado na Nigéria desde 2006 e o segundo desde o início do ano. Em janeiro de 2023, o padre Isaac Achi foi queimado vivo em um ataque à residência paroquial da Igreja Católica dos Santos Pedro e Paulo em Kafin-Koro, no centro do país.

O clero da Nigéria, o país mais populoso da África, é vítima de uma série de sequestros e assassinatos por grupos armados, principalmente nas estradas do país. Em março, a Conferência Episcopal da Nigéria relatou que 81 padres foram atacados no país entre 2006 e 2023.

Entre abril e maio de 2023, três clérigos foram sequestrados e soltos dias depois. Os cristãos são as primeiras vítimas de uma situação de segurança incerta no país assolado pelo crime organizado e pelos ataques jihadistas do grupo Boko Haram.

Tags:
PadresPerseguiçãoViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia