Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 13 Abril |
Aleteia logo
Cultura & Viagem
separateurCreated with Sketch.

A basílica construída no local onde ocorreu a primeira aparição mariana

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
ZARAGOZA

Shutterstock | LorenaCirstea

Daniel R. Esparza - publicado em 14/06/23

A Basílica de Nossa Senhora do Pilar é um símbolo de fé e devoção mariana, que atrai peregrinos e turistas em busca de cura espiritual e inspiração

A Basílica de Nossa Senhora do Pilar, localizada em Saragoça (Espanha), ocupa um lugar importante no coração dos católicos de todo o mundo. Esse majestoso edifício não é apenas conhecido por sua importância arquitetônica, mas também porque acredita-se que foi o local onde ocorreu a primeira aparição mariana, por volta do ano 40, quando Maria ainda vivia em Jerusalém. Isso implica que a “aparição” foi, na verdade, um ato de bilocação.

A história remonta ao século I, quando o apóstolo São Tiago Maior estava pregando na Península Ibérica. A tradição afirma que ele estava enfrentando imensos desafios e, por isso, foi procurar consolo na oração, e se retirou nas margens do rio Ebro. Durante suas súplicas, a Virgem Maria apareceu para ele, em pé, sobre um pilar de jaspe e rodeada por anjos. Esse acontecimento extraordinário marcou a primeira aparição registrada da Mãe Santíssima.

A Basílica abriga uma relíquia sagrada muito especial: o próprio pilar sobre o qual Maria estava durante sua aparição. Essa coluna, feita de jaspe e medindo aproximadamente 40 centímetros de diâmetro, ocupa um lugar de destaque na Basílica. A estátua de Nossa Senhora do Pilar, no topo do pilar, é uma representação magnífica de Maria com o Menino Jesus em seus braços.

Nossa Senhora do Pilar
Altar com a Virgem do Pilar dentro da Basílica de Nossa Senhora do Pilar, em Saragoça, Espanha.

Ao longo dos séculos, a Basílica de Nossa Senhora do Pilar passou por várias transformações, como acontece com a maioria das grandes igrejas europeias. A atual basílica barroca foi construída entre os séculos XVII e XVIII e é um testemunho da proeza arquitetônica daquela época. Em seu auge, em 1810, o Império Espanhol cobria mais de 13 milhões de quilômetros quadrados, basicamente 10% do mundo.

A fachada adornada com esculturas intrincadas e cantaria delicada deixa os visitantes maravilhados. Mas, dentro da basílica, a grandeza continua. Retábulos luxuosos, belos afrescos e vitrais meticulosamente trabalhados decoram o espaço sagrado, proporcionando uma sensação de solenidade e reverência. A Capela da Santíssima Trindade, que abriga o venerado Pilar, continua sendo o ponto focal da devoção. Peregrinos de todos os cantos do mundo se reúnem ali para prestar homenagem à Mãe Santíssima e pedir sua intercessão.

VIRGEN DEL PILAR
A estátua de Nossa Senhora do Pilar, no topo do pilar, é uma representação magnífica de Maria com o Menino Jesus nos braços.

Todos os anos, no dia 12 de outubro, a Basílica celebra a Festa de Nossa Senhora do Pilar, uma ocasião grandiosa que atrai milhares de devotos de todo o mundo, especialmente dos países de língua espanhola. A festa é acompanhada de procissões, cerimônias litúrgicas e orações, que celebram a aparição e expressam a devoção à Mãe Santíssima.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Tags:
DevoçãoNossa SenhoraViagem
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia