Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 22 Setembro |
São Maurício, Exupério, Cândido, Vitor e companheiros
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Quem eram os estilitas?

Bielorrússia

Shutterstock | Grisha Bruev

Estátua de São Simeão na Bielorrússia

Daniel R. Esparza - publicado em 15/06/23

Atenção: não é "estiliSta"! O termo deriva do grego “stylos”, que significa pilar

O termo estilita deriva do grego “stylos”, que significa pilar. Atenção: não é “estiliSta”, mas “estilita” mesmo.

Refere-se a um tipo muito específico de monge cristão asceta que decidiu viver no topo de um pilar, ou coluna, durante longos períodos de tempo – tanto em busca de solidão e silêncio quanto como forma de penitência. Essa prática única, e bastante rigorosa, surgiu nos primeiros séculos cristãos, particularmente no Império Bizantino.

Santos Simeão, o Velho e Simeão, o Jovem

Um dos estilitas mais renomados foi São Simeão Estilita, o Velho, que viveu no século V. A sua jornada ascética teve início quando ele se isolou numa pequena cabana, mas depois decidiu morar no topo de um pilar para se distanciar ainda mais das distrações mundanas. Seu pilar, que foi aumentando gradualmente de altura ao longo do tempo, se tornou símbolo da sua dedicação a uma vida de oração e contemplação.

O ascetismo de Simeão e sua resistência no topo do pilar durante quase quatro décadas atraíram muitos seguidores e peregrinos que procuravam as suas orientações e bênçãos. Hoje, os restos de uma igreja bizantina construída em torno da sua coluna testemunham o estilo de vida eclesial que ele inaugurou.

Essa prática foi adotada ainda por Simeão, o Jovem, que tinha o mesmo nome do protoestilista, mas também por muitos outros que seguiram aquele extremo estilo de vida cristão ao longo de um século inteiro.

Estilitas
Estilitas: São Simeão o Velho (à esquerda) e São Simeão o Jovem (à direita)

Outros santos estilitas

São Daniel, o Estilita, contemporâneo de Simeão, seguiu um caminho semelhante e viveu sobre um pilar durante mais de trinta anos. Santo Alípio, o Estilita, outra figura proeminente, passou 53 anos numa coluna. Estes santos, e outros como eles, viam o seu isolamento como um meio de se manterem “incontaminados pelo mundo”, como recomenda a carta de Tiago (cf. Tg 1, 27).

O significado teológico do estilismo reside na sua personificação do ideal monástico de hesychia– palavra grega que significa quietude, mas também silêncio. Ao retirar-se voluntariamente da sociedade e viver no topo de um pilar, os estilistas pretendiam desvencilhar-se das distrações e alcançar um estado de oração incessante.

Tags:
EspiritualidadeHistória da IgrejaReligião
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia