Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 24 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Série “The Chosen” impacta a alma do próprio elenco: “Jesus está perto”

Natanael, Zebedeu, João e Tiago Maior em "The Chosen"

The Chosen, Angel Studios

Natanael, Zebedeu, João e Tiago Maior em "The Chosen"

Cerith Gardiner - publicado em 10/07/23

George Xanthis, que interpreta o apóstolo João, declara que "Jesus é perceptível"

É longa a lista de série e filmes sobre Jesus ou assuntos de fé, mas “The Chosen” está se mostrando especialmente impactante não apenas para o público, a quem convida a conhecer melhor Jesus na Sua trajetória terrena, mas também para o elenco.

Em recente entrevista ao Catholic Weekly, o ator George Xanthis, que interpreta João, o discípulo amado, revelou que assumir o papel de um dos apóstolos sacudiu a sua própria fé. Ele cresceu como cristão ortodoxo grego na Austrália, país em que nasceu, e costumava participar das principais celebrações religiosas com seus familiares: “Provavelmente, às vezes fui cristão apenas por tradição familiar”.

No entanto, a sua atuação na série o levou não somente às lágrimas durante uma cena com Jonathan Roumie, que interpreta Jesus, mas também o incentivou a se aprofundar na própria fé e nas Escrituras, além de buscar o aconselhamento do pároco de sua família.

Judas, Tiago Maior, João e André escutam Jesus em "The Chosen"
Judas, Tiago Maior, João e André escutam Jesus em “The Chosen”

George Xanthis confessou que nem sabia direito quem era João, o apóstolo amado, chegando a confundi-lo com João Batista, o precursor de Jesus. Agora, o ator australiano destaca o papel significativo do seu personagem ao lado de Jesus, a ponto de ter sido convidado pelo Mestre a cuidar de sua mãe, Maria.

Na sua entrevista, Xanthis revela um entusiasmo contagiante por esse discípulo cheio de defeitos, igual a todos nós, mas ao mesmo tempo tão ímpar que o ator quis fazer estudos comparativos dos Evangelhos para entender melhor o profundo relacionamento espiritual entre Jesus e João. E a sua pesquisa o levou a conclusões pessoais interessantes:

“Eu acho que o livro de João é um pouco mais poético do que os outros Evangelhos. Talvez ele não tenha escrito tudo. Talvez ele se lembrasse mais com o sentimento. Ele esteve presente em momentos importantes, mas sobre os quais o seu livro não diz nada, como a Transfiguração, por exemplo”.

A experiência de Jesus

O jovem ator de 31 anos também contou que fazer um papel tão importante ao longo de tantos anos não apenas o levou a aprofundar a própria fé, mas também a testemunhar as palavras de Jesus cada vez mais:

“Como atores da série, nós temos uma experiência única das palavras de Jesus, uma experiência muito familiar, muito pessoal, ao longo de quatro anos e meio e com mais três anos e meio pela frente. Essa é uma experiência única e eu realmente espero que, se alguém do público assistir à série várias vezes, possa ter a mesma experiência. E eu espero que muitos tenham”.

No final da entrevista, Xanthis compartilhou uma cena que considera de grande destaque: a de Jesus agachando-se diante de Simão e acenando para o seguisse. Essa opção por mostrar o Filho de Deus se curvando a um discípulo ajudou Xanthis a perceber que “Jesus é perceptível e está bem perto de nós”.

Filmagens da série "The Chosen"
Filmagens da série “The Chosen”

No início da série, Aleteia conversou com o intérprete de Jesus, também impactado profundamente pela experiência. Jonathan Roumie afirmou:

“Eu li muito. Orei muito. Principalmente orei. Minha principal oração era para que Deus removesse tudo o que houvesse de mim na performance e permitisse que o Espírito Santo atuasse através de mim (…) Eu me preparo usando uma variedade de fontes de inspiração e peço ao Espírito que aja por meio de tudo o que eu tenho à minha disposição para me levar ao lugar certo.

Quando estamos filmando, eu sempre estou com um rosário. Tenho uma pequena bolsa de couro, como Jesus, e costumo trazer nela os meus “apetrechos” sacramentais e os mantenho comigo. E quando preciso ficar sozinho, eu apenas vou orar e tentar ficar focado e isolado o suficiente para me entregar por inteiro e ficar aberto ao que Deus está me permitindo fazer numa determinada cena”.

Tags:
CinemaConversãoJesusTestemunho
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia