Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Quer criar uma cultura familiar positiva? Comece fazendo estas perguntas

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
FAMILY LAUNCH Shutterstock

© Monkey Business Images I Shutterstock

Theresa Civantos Barber - publicado em 12/07/23

Os pais desejam criar seus filhos em um ambiente acolhedor, amoroso e atencioso, mas muitos não sabem por onde começar

Muitos pais se perguntam como podem promover uma cultura familiar positiva. Acontece que há uma pergunta simples que deixa claro no que prestar atenção e o que deixar de lado nesse processo.

Mas o que significa ter uma “cultura familiar”? Significa elencar hábitos, valores, regras e prioridades que definem uma família. Embora Tolstoi tenha escrito que “todas as famílias felizes se parecem, cada família infeliz é infeliz à sua maneira”, a verdade é que cada família tem uma cultura distinta, que surge através de um desígnio deliberado ou através do caminho padrão de menor resistência.

A maioria dos pais deseja criar seus filhos em um ambiente acolhedor, amoroso e atencioso, mas não sabe por onde começar. É difícil escolher quais hábitos e tradições são mais importantes, decidir como ordenar os ritmos diários e semanais ou se seria melhor adotar a cultura de outras famílias.

Mas as perguntas abaixo vão ajudar as famílias nesse processo:

Daqui a algumas décadas, quando seus filhos estiverem crescidos e fora de casa, o que você quer que eles lembrem da infância? 

Quais são as características que definem a vida de seus filhos em casa?

Responda a essa pergunta e você identificará os valores da cultura de sua família. As regras, tradições e hábitos de sua cultura familiar fluirão naturalmente desses valores.

Faça uma lista das coisas mais importantes nas quais você deseja se concentrar como pai ou mãe e, em seguida, estruture seus dias e semanas para refletir essas prioridades 

Aqui estão alguns exemplos de como isso pode parecer na vida real:

Como você quer que seus filhos se lembrem de como a fé era priorizada na família?

Vocês podem começar e terminar cada dia em oração, rezar o Rosário juntos regularmente e ler e discutir as Escrituras e a vida dos santos. Que tal trabalharem como voluntários em um serviço comunitário ou realizar algum outro tipo de atividade de caridade juntos?

Aprendizados Como você quer que seus filhos se lembrem de como a família priorizava os aprendizados?

Vocês podem ler livros em voz alta juntos, conversar sobre o que eles estão aprendendo na escola, organizar um clube do livro em família e explorar os interesses científicos ou históricos fora da escola, visitando museus ou locais históricos.

Natureza Como você quer que seus filhos se lembrem de como a família respeitava a natureza?

Vocês podem fazer caminhadas juntos regularmente, plantar um jardim no quintal, planejar um acampamento anual e incentivar brincadeiras ao ar livre todos os dias (faça chuva ou faça sol).

CriatividadeComo você quer que seus filhos se lembrem de como a família priorizava a criatividade?

Vocês podem planejar sessões regulares de artesanato, aprender uma nova habilidade como tricô ou bordado juntos, designar um espaço para criar e desenhar à mão. Visitar museus de arte ou jardins de esculturas também pode ser uma fonte de diversão e inspiração.

SaúdeComo você quer que seus filhos se lembrem de como a saúde era priorizada na família?

Vocês podem jogar futebol ou basquete em família regularmente, inscrever seus filhos em aulas de esportes variados incentivá-los e acompanhá-lo na parede de escalada da academia e correr 5 km em família por ano. Vocês também podem tentar fazer comidas saudáveis juntos.

Enfim, não há resposta certa ou errada no que você escolhe priorizar – embora seja altamente recomendável colocar a fé no topo de qualquer lista. Nas palavras do Papa Francisco:

“Queridas famílias, vocês sabem muito bem que a verdadeira alegria que experimentamos na família não é superficial; não vem dos objetos materiais, do fato de que tudo parece estar indo bem… A verdadeira alegria vem de uma profunda harmonia entre as pessoas, algo que todos sentimos no coração e que nos faz experimentar a beleza da união, do apoio mútuo ao longo da jornada da vida. Mas na base deste sentimento de profunda alegria está a presença de Deus, a presença de Deus na família e o seu amor acolhedor, misericordioso e respeitoso para com todos.”

O que realmente importa é que você organize sua vida cotidiana de forma que seu filho possa ver claramente o que é mais importante para vocês.

Mas lembre-se: os elementos de uma cultura positiva parecerão um pouco diferentes para cada família. Sempre que você estiver tentando decidir se deve adicionar ou alterar algum elemento da cultura familiar, as simples perguntas que mencionamos acima servem como uma espécie de teste decisivo, o que te ajudará a permanecer no caminho certo.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Tags:
FamíliaFilhospais
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia