Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Por que é fundamental fazer silêncio na igreja?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Homem rezando: fé não é meras palavras

PeopleImages.com - Yuri A | Shutterstock

Mónica Muñoz - publicado em 24/07/23

Se for conversar, que seja com Deus

A vida acelerada de hoje em dia deixa pouco espaço para as pessoas ficarem sozinhas ou em silêncio. Então um dos poucos lugares onde você pode – e deve – ficar em silêncio é na igreja. Mas, com o passar do tempo, perdeu-se também o costume de respeitar esse lugar de oração, talvez porque ninguém se atreva a pedir a quem conversa ali que diminua o tom da voz.

No entanto, a experiência ensina-nos que o silêncio permite-nos interiorizar os nossos pensamentos e prepararmo-nos para ouvir a voz de Deus, que quer falar conosco. Quem já participou de um retiro espiritual sabe que o importante é esquecer o exterior para mergulhar no interior. A mesma coisa deve acontecer quando vamos à igreja para encontrar Deus.

Em uma audiência geral, o Papa Bento XVI comentou:

“A prece de Jesus indica que temos necessidade de parar, de viver momentos de intimidade com Deus, «desapegando-nos» da confusão de todos os dias, para ouvir, para ir à «raiz» que sustenta e alimenta a vida. Um dos momentos mais bonitos da oração de Jesus é precisamente quando Ele, para enfrentar doenças, dificuldades e limites dos seus interlocutores, se dirige ao seu Pai em oração e assim ensina a quantos estão ao seu redor onde é necessário procurar a fonte para ter esperança e salvação.”

E, para isso, é preciso estar sem distrações. Nesse contexto, devemos deixar o celular guardado, ou melhor não pegá-lo, porque certamente surgirá a tentação de vê-lo, o que interromperá o diálogo com Jesus Cristo. Além disso, será um pretexto para voltar à realidade e encerrar abruptamente a oração, que, dita em palavras simples, é a ocasião perfeita para estabelecermos uma relação profunda com Deus.

Se vai falar, que seja com Deus

É importante lembrar que o sacrário está localizado na igreja, local onde se guarda o Santíssimo Sacramento. É um lugar sagrado, onde as pessoas vão se colocar diante do Senhor para rezar, agradecer, louvar e pedir perdão. Portanto, não é correto falar com ninguém que não seja Deus. Mesmo que o façamos em voz baixa, o ideal é respeitar os outros e deixar a conversa para quando sairmos.

Enfim, é fundamental respeitar esse espaço sagrado, lembrando, toda vez que entramos em um templo, que Deus se faz ouvir no silêncio!

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Tags:
IgrejaOraçãosilencio
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia