Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

JMJ: coordenadora de grupo de jovens franceses morre em Portugal

JMJ-MESSE-OUVERTURE-

João Lopes Cardoso /JMJ Lisboa 2023

Reportagem local - publicado em 03/08/23

Esta é a segunda tragédia que envolve a delegação da França na JMJ de Lisboa

“Com grande tristeza, soubemos que Christine, 62 anos, coordenadora do grupo JMJ de Saint-Georges de Toulon, morreu em 2 de agosto devido aos ferimentos”, disse Dom Dominique Rey, bispo de Fréjus-Toulon, em um comunicado à imprensa publicado em 2 de agosto de 2023.

“Hospitalizada em terapia intensiva, Christine recebeu os últimos sacramentos. Eu vim para orar ao lado de sua cama e vários membros de sua família puderam se juntar a ela antes que ela nos deixasse. Segunda-feira, 31 de julho, ela ficou gravemente ferida ao cair das escadas da casa onde estava hospedada em Lisboa”, continuou a nota.

Quatro familiares da francesa que morreu durante a JMJ participaram na manhã desta quinta-feira da missa celebrada pelo Papa Francisco na nunciatura, disse o diretor da Assessoria de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, em 3 de agosto de 2023.

Outra missa será celebrada nesta quinta-feira, 3 de agosto, com todos os jovens da diocese por esta mãe e seus familiares, conforme detalha o comunicado do bispo. Foi disponibilizada também ajuda psicológica aos jovens do grupo, em Lisboa. 

“Estamos arrasados ​​com a morte dela. O seu fervor e os seus múltiplos compromissos na sua paróquia de Sanary, no grupo Laudato Si e com os jovens de Saint-Georges que acompanhava, marcaram-nos profundamente”, sublinha Dom Rey que diz pensar “nas suas filhas, e todos os seus parentes”. “Continuamos estes encontros pensando nela, levando-a em nossas orações, em comunhão com ela, com todo o coração. Que o Senhor nos ajude e ampare todos aqueles que sofrem.”

Segundo drama para a delegação francesa

Esta é a segunda tragédia que envolve a delegação francesa nesta edição da JMJ em Lisboa. No domingo, uma jovem de 23 anos da diocese de Poitiers perdeu a vida num acidente de carro quando se juntava a um grupo da diocese de Angers que estava prestes a partir de ônibus para Lisboa. 

Em julho de 2013, a JMJ do Rio de Janeiro foi marcada pela morte de uma jovem da diocese de Paris, Sophie Morinière, em um acidente de ônibus na Guiana, antes do encontro no Brasil. O Papa Francisco enviou suas condolências aos familiares da vítima e expressou seu “pesar” em um telegrama enviado ao bispo de Caiena. Ele também convidou os jovens reunidos na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, a “fazer um minuto de silêncio e dirigir orações a Deus por Sophie, pelos feridos e por suas famílias”.

Tags:
JMJJovensMorteTragédia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia