Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Padre é processado por afirmar que rei não é deus

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
mão sobre cruz em sinal de desespero

Tommy Muric | Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 10/08/23

O sacerdote se declarou "chocado" ao observar que a homilia foi "seletivamente retirada do contexto"

O pe. Bolmax Pereira, da arquidiocese indiana de Goa, está respondendo a um processo criminal por alegadamente “ter ferido os sentimentos hindus”. O que ele declarou, durante homilia em julho, é que o rei hindu Chatrapati Shivaji, do século XVII, “foi um herói nacional, mas não um deus”.

Grupos hindus se sentiram ofendidos e o denunciaram à polícia em quatro diferentes delegacias de Goa. O sacerdote responde em liberdade ao processo criminal que foi aberto, mas teve de pagar uma fiança de 20 mil rúpias (cerca de R$ 1.200).

Dada a repercussão do caso, o jornal Indian Express publicou a homilia que o pe. Bolmax havia dado. Em um trecho, o sacerdote afirmou:

“Para algumas pessoas, Shivaji se tornou um deus. Sim, ele é um herói nacional. Temos que honrá-lo e respeitá-lo. O que ele fez, as batalhas que lutou para proteger o seu povo, por tudo isso ele merece respeito. Ele é um herói, mas não um deus. Temos que ter um diálogo com nossos irmãos hindus e perguntar-lhes: ‘Shivaji é o seu deus? Ou um herói nacional? Se ele é um herói nacional, que assim seja. Não faça dele um deus. Precisamos entender a perspectiva deles. Se vivermos com medo, não seremos capazes de nos levantar novamente”.

O sacerdote afirmou, após as acusações, que o seu propósito foi dizer que atrelar um herói nacional a somente uma religião “reduziria a sua estatura e grandeza entre as pessoas de outras religiões”. O pe. Bolmax também se declarou “chocado” ao observar que a homilia foi “seletivamente retirada do contexto”, destacando-se apenas parte da declaração e omitindo-se o resto “maliciosamente”, a fim de “incitar a raiva e criar inimizade entre as comunidades”.

O pe. Cedric Prakash, que defende os direitos humanos no país, declarou sobre o caso à agência CNA:

“Estamos aliviados e felizes de que a polícia e o judiciário tenham notado a fragilidade da acusação contra o pe. Bolmax. Este incidente mostra que os nacionalistas hindus não perdem oportunidades para demonizar os cristãos”.

O hinduísta Ram Puniyani, crítico do fundamentalismo hindu, também lamentou o fanatismo dos acusadores do pe. Bolmax:

“Esta polêmica não é nada surpreendente e reflete a intolerância contra as minorias religiosas no país. Os nacionalistas hindus têm uma lógica diferente para tudo. Alguns deles até chamam Nathuram Godse [assassino de Mahatma Gandhi] de ‘deus’ e construíram um templo para ele”.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Tags:
IdeologiaPerseguiçãoReligião
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia