Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como superar o medo da morte

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
doctor crisis hold hands

fizkes | Shutterstock

Mia Schroeder - publicado em 16/08/23 - atualizado em 01/11/23

Se a morte é a única certeza da vida, por que temê-la?

Quanto mais velhos ficamos, mais medos temos, principalmente porque sentimos que estamos diante de uma realidade iminente: a morte.

Esse sentimento se torna ainda mais agudo quando, em nosso círculo íntimo, nossos parentes ou amigos começam a morrer e não sabemos como lidar com isso, pois sentimos que podemos ser a próxima pessoa a partir deste mundo.

A Aleteia consultou a tanatóloga Claire Flores sobre o assunto. “Esse pode ser um sentimento normal, até certo ponto, mas se um especialista não for consultado a tempo, pode se tornar uma condição chamada tanatofobia, que é uma forma de ansiedade caracterizada pelo medo da própria morte ou do processo de morrer”.

Causas da condição e como detectá-la

A causa mais comum que pode desencadear essa fobia é a existência de traumas – especialmente os ocorridos na infância – relacionados à morte de alguém próximo, perda para a qual o indivíduo não estava preparado. Também pode ser causada por experiências desagradáveis ​​com alguns dos elementos relacionados à morte em geral, como ver um cadáver.

As pessoas que têm medo de morrer perdem a grande oportunidade que têm pela frente, que se chama vida. Muitas vezes focam mais no que vai acontecer no futuro, e deixam de viver o que têm, que é o presente.

Como detectar se alguém tem medo da morte

Verifique se você ou alguém que você conheça tem os seguintes sintomas:

– Medo imediato ao pensar na morte;

– Ataques de pânico que causam tontura, ondas de calor, sudorese e batimentos cardíacos acelerados;

– Dores no estômago ao pensar na morte;

– Sentimentos gerais de depressão e ansiedade.

Nesses casos, a tanatologia pode representar uma ajuda importante, pois permite que a pessoa se prepare para viver bem e plenamente, mesmo com todos os obstáculos que surgem; assim como saber apreciar os momentos de provação, não apenas os momentos de alegria. Um tanatologista ou um psicólogo pode ajudar uma pessoa a superar o medo da morte.

Recomendações

Claire compartilha que uma recomendação que ela dá, não só aos pacientes, mas às pessoas próximas a eles, é – antes de tudo – buscar ajuda de um profissional para que o quadro não acabe em depressão.

“Temos que ser realistas e perceber que um dia vamos morrer, e é bom nos prepararmos desde já: no amor, na gentileza, numa vida alinhada com a nossa fé, onde possamos aproveitar o tempo que nos resta”, explica a especialista.

Neste ponto, o ideal é fazer todo o possível para deixar de dar atenção a todos os pensamentos fatalistas que nos impedem de aproveitar a vida e começar a dar a importância que merecem aquelas ideias com as quais nos sentimos plenamente bem e felizes.

Afinal, a morte é a única certeza da vida, então por que temê-la? É melhor aproveitar a vida plenamente, e essa decisão deve ser tomada antes que seja tarde demais e não haja tempo para nada. “Embora seja verdade que um dia vamos morrer, é mais verdade que no resto dos dias vamos viver”, comentou Claire.

A única forma de dominar o medo da morte é falar e pensar sobre ela, não negá-la, como negamos tantos assuntos delicados. Lembre-se que por trás de tudo que parece ser a pior coisa da nossa vida pode estar a nossa maior benção.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Tags:
MedoMortevida eterna
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia