Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Curiosidades
separateurCreated with Sketch.

Por que um padre católico participou da audiência do Congresso dos EUA sobre OVNIs?

UFO

Shutterstock | ktsdesign

John Touhey - publicado em 16/08/23

A entrevista do pe. Gray chamou atenções no começo deste mês

No final de julho, houve no Congresso dos Estados Unidos uma audiência sobre OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados), popularmente chamados de discos-voadores e mais recentemente denominados pela sigla em inglês UAP (Unidentified Anomalous Phenomena, ou seja, Fenômenos Anômalos Não Identificados). Também é usual, mundo afora, outra sigla em inglês: UFO (Unidentified Flying Object), que deu origem à tradução literal resultante no OVNI em português.

O inusitado evento se destacou pelas alegações extraordinárias, feitas sob juramento, de que naves de origem desconhecida e possivelmente alienígena teriam não apenas aparecido em nossos céus, como algumas delas ainda teriam caído e ficado em posse do governo dos EUA. O Departamento de Defesa daquele país negou a existência de programas do tipo e afirma trabalhar ativamente para estudar fenômenos anômalos. Muitos cientistas, incluindo um astrônomo do Observatório do Vaticano, expressaram ceticismo quanto à hipótese de que alienígenas possam visitar regularmente a Terra, embora concordem que fenômenos do tipo devem ser rigorosamente estudados.

Um fato inegável é que o interesse popular pelos OVNIs, ou UFOs, ou UAPs, continua grande e até crescente, o que se reforça diante da natureza bipartidária das audiências no Congresso norte-americano. De fato, mesmo nas políticas mais básicas, é extremamente raro ver republicanos e democratas cooperando hoje em dia; no entanto, membros de ambos os partidos fizeram perguntas diretas e isentas às testemunhas e depois prometeram trabalhar juntos para descobrir a verdade. Será que as pessoas conseguem deixar de lado as suas diferenças ideológicas e buscar a verdade juntas quando estão em jogo questões transcendentes como a de estarmos ou não “sozinhos no universo”? O tempo dirá…

Longas filas de entusiastas dos OVNIs

Horas antes da audiência, uma longa fila de podcasters e entusiastas dos OVNIs se formou na esperança de assistir às audiências. Muitos não conseguiram entrar. Entre os que chegaram à sala de audiência estava Martin Willis, apresentador do Podcast UFO, que trata de “OVNIs, encontros imediatos e pessoas associadas ao fenômeno OVNI”. Willis fez breves entrevistas com vários participantes antes e depois do evento. Mas uma figura em particular chamou a sua atenção, conforme ele mesmo descreveu num podcast recente:

“Eu estava parado depois da audiência e vi aquele padre. Então pensei: ‘Que interessante! Esta é uma pessoa que é muito interessante que esteja aqui’. E resolvi entrevistá-lo”.

Um padre curioso

O pe. Matthew Gray explicou gentilmente que não estava lá em caráter oficial, mas apenas como capelão da Força Aérea curioso sobre o assunto. “Verdade é verdade e a verdade precisa ser conhecida”, disse ele.

É claro que a discussão imediatamente se voltou à posição da Igreja sobre a possibilidade de vida extraterrestre. O pe. Gray fez referência a uma história sobre o Papa João Paulo II, a quem certa vez uma garotinha perguntou se existiam os alienígenas. O papa supostamente lhe teria respondido:

“Nunca se esqueça de que eles foram criados por Deus e devemos amá-los também”.

O pe. Gray prosseguiu:

“Esta é a essência do cristianismo. É a essência da nossa fé: amar uns aos outros”.

O sacerdote espera que o Vaticano aborde mais amplamente a questão da vida extraterrestre e recorda que, para a Igreja, a eventual existência de alienígenas “demonstraria ainda mais a criatividade de Deus e a Sua bondade”.

O podcaster e o capelão encerraram a conversa com entusiasmo: Martin Willis agradeceu ao sacerdote pela sua abertura e o pe. Gray convidou os ouvintes a “manterem a sadia curiosidade”.

Tags:
CiênciaCuriosidadesPadres
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia