Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Por que Nossa Senhora de Czestochowa tem cicatrizes no rosto?

CZESTOCHOWA

Grabowski Foto / Shutterstock

Philip Kosloski - publicado em 28/08/23

Uma incrível história por trás da imagem: artistas tentaram remover as cicatrizes, mas não conseguiram

Você já viu a imagem negra de Nossa Senhora de Czestochowa, padroeira da Polônia?

Ela pode ser vista no mosteiro de Jasna Gora, e, quando o Papa João Paulo II o visitou em 1979, disse na sua homilia: “Sou um homem de grande confiança. Aprendi a ser assim aqui. Amém”.

A característica mais marcante dessa imagem muito venerada pelo povo polonês são duas cicatrizes na face da Santíssima Virgem Maria, além de uma terceira cicatriz na sua garganta.

O que é fascinante é como essas cicatrizes surgiram e por que nunca foram removidas.

A pintura, que a tradição diz ter sido originalmente pintada pelo evangelista São Lucas, acabou se tornando propriedade do duque Ladislau de Opole no século XIV. Sua fortaleza em Belz foi atacada pelos tártaros e, durante a batalha, uma flecha perdida atingiu a imagem da Santíssima Virgem na garganta. Temendo que os invasores pegassem a imagem e a profanassem, Ladislau fugiu levando-a consigo e chegou à cidade de Czestochowa.

Ele então convidou monges de São Paulo Eremita (paulitas), da Hungria, para construírem ali um mosteiro e confiou-lhes a imagem.

Em 1430, um exército hussita invadiu o mosteiro e roubou a imagem. Eles a puseram numa carroça e iam saindo do mosteiro quando a carroça travou e os cavalos se recusaram a prosseguir. Os hussitas jogaram a imagem no chão e um dos soldados bateu duas vezes na pintura com a espada, deixando as duas cicatrizes na face de Nossa Senhora. A tradição popular relata que, antes que pudesse desferir um terceiro golpe, o soldado caiu morto no próprio local.

A imagem foi recuperada dos saqueadores e colocada de volta na igreja do mosteiro. Ao longo dos anos, vários artistas tentaram restaurá-la, mas todas as tentativas falharam. As cicatrizes reaparecem milagrosamente todas as vezes. Desistiu-se, assim, de tentar reparar a imagem, em reconhecimento de que a Santíssima Virgem Maria quer que as cicatrizes fiquem ali.

Alguns acreditam que ela pretende, com isto, alertar a todos os que queiram roubar a imagem. Outros enxergam nas cicatrizes um sinal que evoca as suas muitas tristezas na terra. Semelhantes às chagas no corpo ressuscitado de Jesus, elas permanecem como uma lembrança do sofrimento suportado antes de se alcançar a recompensa celestial.

Tags:
DevoçãoMariaNossa Senhora
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia