Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 15 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Setembro: mês da Palavra, de São Padre Pio e de Jesus das Santas Chagas

Santas Chagas de Jesus

P Deliss / GODONG | Ref:275

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 05/09/23

É nos aproximando da Palavra, que nós podemos encontrar verdadeiramente Jesus nas Suas Santas Chagas

Setembro é um mês muito importante para nós, pois é dedicado a Palavra de Deus. Celebramos também São Pio de Pietrelcina, nosso intercessor e, claro, a Festa de Jesus das Santas Chagas.

É nos aproximando da Palavra, do Evangelho que nós podemos encontrar verdadeiramente Jesus, nas Suas santas Chagas. Chagas estas que a Ele foram imputadas na cruz, num ato de amor. Nunca nos esqueçamos isso Jesus se entregou livremente. Ele fez oblação, não porque merecemos, mas por amor a todos nós. 

Quando refletimos sobre as Santas Chagas nos deparamos com dois lados de uma mesma moeda. Um lado nos lembra o Crucificado. A cruz pela cruz é sinal de morte, porém a cruz banhada do Sangue de Cristo é salvação.  Nas Suas Chagas dolorosas nós colocamos as nossas dores, que não são poucas. Colocamos os nossos sofrimentos, a realidade do mundo, a chaga de uma Igreja perseguida, uma Igreja que sofre. 

Do outro lado está a vitória de Cristo, Suas Chagas nos lembram da ressurreição. 

Sabemos pelos Evangelhos, que Jesus Ressuscitado ao aparecer aos Apóstolos, mostrou a eles as mãos e o lado, e deixou-se tocar por Tomé (cf. Jo 20,19-28). O Evangelista Lucas registra que enquanto os discípulos de Emaús narravam aos Apóstolos o encontro com o Senhor, Ele se pôs no meio deles, desejou a paz e ao vê-los assustados disse: “Olhem para as minhas mãos e para os meus pés e vejam que sou eu mesmo. Toquem em mim e vocês vão crer, pois um fantasma não tem carne nem ossos, como vocês estão vendo que eu tenho. Jesus disse isso e mostrou as suas mãos e os seus pés” (Lc 24, 36-40).

Por que Jesus mostrou Suas Chagas? Para que Seus Apóstolos e todos nós Seus discípulos soubéssemos que Ele era o mesmo que esteve na cruz, onde sofreu e morreu por nós, pelos nossos pecados como afirma São  Pedro: “O próprio Cristo levou os nossos pecados no seu corpo sobre a cruz a fim de que morrêssemos para o pecado e vivêssemos uma vida correta. Por meio dos ferimentos dele vocês foram curados.” (1Pd 2,24). Para que soubéssemos que Ele é o Nosso Senhor e Salvador pelos séculos dos séculos. O único caminho para Deus. 

Ouso dizer que as Chagas de Jesus apresentam Sua identidade. Conta-se que Satanás tentou enganar São Martinho, aparecendo sob a aparência de Jesus Cristo. Entretanto, não conseguiu, o santo perguntou a ele: “Onde estão as tuas feridas?” Só Jesus as tem, porque só Ele morreu na cruz e ressuscitou. Ressuscitado Ele manteve as marcas nas mãos, nos pés, no lado e no Céu onde está sentado à direita do Pai, elas continuam sendo e eternamente serão a sinal de seu amor extremo e da Redenção que Ele nos trouxe.

São estas chagas que o Ressuscitado nos mostra e nos permite tocar, para que possamos compreender que também nós carregamos nossas feridas e ter fé não significa que nunca vamos ter tribulações e angústias, mas é ter a capacidade de enfrentar tudo mantendo a confiança, a fidelidade e a esperança no Senhor. É pedir, como diz a antiga oração atribuída a Santo Inácio de Loyola: “Dentro de vossas chagas, escondei-me.”  Ali encontraremos refúgio e fonte de graça.

Tags:
BíbliaJesusPadre Pio
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia