Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Nossa Senhora das Dores pode te ajudar a carregar o teu fardo

Michelangelo's Pieta against cracked blue wall

Shutterstock | Altered by Aleteia

Theresa Civantos Barber - publicado em 15/09/23

Todos temos nossas cruze, e Nossa Senhora das Dores tem um lembrete para nós

Um estranho paradoxo da fé é que muitas vezes sentimos Deus nos acompanhando mais de perto quando atravessamos os momentos difíceis. Quando tudo está indo bem, facilmente atribuímos esse sucesso à nossa excelente gestão, e ao nosso relacionamento com Deus pode ser colocado em segundo plano.

Quando as coisas começam a ficar escuras, também não nos sentimos próximos ao Senhor, talvez questionando por que ele teria permitido essa dificuldade. 

Mas nos momentos mais difíceis e sombrios, é comum termos uma forte sensação da presença de Deus nos sustentando e nos ajudando a carregar esse fardo, que é grande demais para carregarmos sozinhos.

Por que Deus está próximo no sofrimento?

Porque Cristo sofreu e morreu nesta terra, ele caminha ao nosso lado de uma forma profundamente íntima nos nossos momentos mais difíceis. 

Da mesma forma, os santos e Nossa Senhora enfrentaram tristeza e sofrimento. E, embora o mundo nos diga para fugir dos desafios e lutas, precisamos recordar que não há santo que não tenha suportado dificuldades nesta terra.

Nossa Senhora das Dores, cuja festa é em 15 de setembro, é um poderoso lembrete de que Deus e os santos e anjos nos ajudam nos piores momentos da nossa vida. A presença deles pode nos trazer consolo quando nossas tristezas surgirem.

Santa Faustina escreveu certa vez: “O sofrimento é uma grande graça; através do sofrimento a alma torna-se semelhante ao Salvador. No sofrimento o amor se cristaliza; quanto maior o sofrimento, mais puro é o amor.” 

Certamente é necessária uma maneira especial de ver as coisas para pensar no sofrimento como uma graça, mas há algo poderoso para ponderar aqui. Que graças podem surgir através da tristeza, especialmente quando sentimos a presença de Deus de uma forma mais profunda do que quando a vida está fácil?

Caminhando com Nossa Senhora das Dores

Muitos de nós carregamos profunda tristeza ao longo da vida. Talvez você lute contra uma doença crônica e as tarefas cotidianas que são simples para os outros pareçam uma batalha difícil para você. 

Talvez você ou um ente querido esteja lutando contra o vício, uma batalha privada e invisível que pode parecer difícil e sem esperança. Ou talvez alguém que você ama tenha morrido, você esteja lidando com a infertilidade ou seu filho tenha acabado de receber um diagnóstico difícil. 

Cada um de nós tem uma cruz diferente, mas o que é certo é que cada pessoa nesta terra carrega algum tipo de cruz. Já foi dito: “Seja gentil, pois todos que você conhece estão travando uma dura batalha”.

Seja qual for a sua cruz, rezo para que Nossa Senhora das Dores e seu Filho caminhem tão perto de você que você sinta seu fardo aliviado. Espero que a presença constante deles traga brilhos de graça em seus momentos mais sombrios. Espero que o amor deles ajude você a saber, clara e profundamente, que você nunca, nunca está sozinho.

Tags:
DeusDevoçãoEspiritualidadeNossa SenhoraSofrimento
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia