Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 24 Fevereiro |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Brasileiro detém ataque e vira herói na Irlanda

Caio Benicio, o Brasileiro que conteve ataque na Irlanda

PETER MURPHY | AFP

Caio Benício, o entregador brasileiro que evitou uma grande tragédia na Irlanda

Ricardo Sanches - publicado em 27/11/23

O entregador agiu rápido e com coragem para impedir uma grande tragédia

Caio Benício. Este é o nome do brasileiro que está sendo aclamado como herói na Irlanda após conter um ataque e impedir uma grande tragédia na capital do país.

Ele trabalhava normalmente como entregador de aplicativo na quinta-feira, 23 de novembro de 2023, quando, ao passar perto de uma escola de Dublin, notou que estava acontecendo o que ele pensou ser uma “briga”. “Eu estava passando em frente a uma escola quando eu vi uma briga na calçada. Eu achei, a princípio, que fosse uma briga normal com um homem e uma mulher. Depois eu fiquei sabendo que ela era professora da escola. Eles estavam brigando e puxando uma garotinha”, contou Caio à imprensa local.

Na verdade, a briga era um ataque à escola. O entregador viu quando um homem começou a esfaquear uma menina, e não pensou duas vezes: desceu da moto e, com o capacete, bateu no agressor para contê-lo.

“Ele caiu no chão, eu não vi para onde foi a faca e outras pessoas entraram em cena. Eu também tenho dois filhos, então tive que fazer alguma coisa. Eu fiz o que qualquer um faria. As pessoas estavam lá, mas não puderam intervir porque ele estava armado, mas eu sabia que poderia usar meu capacete como arma”, afirmou Benicio.

Ao todo, cinco pessoas foram esfaqueadas – três delas eram crianças. Um homem, que não teve identidade revelada, foi preso suspeito de ter praticado o ataque. Manifestantes acreditam que o agressor era um imigrante, e, por isso, foram às ruas protestar e entraram em confronto com a polícia.

“Parece que eles odeiam os imigrantes. Bem, eu sou um imigrante e fiz o que pude para tentar salvar aquela menina”, afirmou Benicio ao The Journal .

Herói?

O ato de coragem e amor ao próximo de Caio Benício, que deixou o Brasil há um ano para tentar a vida na Irlanda depois que seu restaurante pegou fogo, foi elogiado por muitos. O brasileiro está sendo considerado um herói por ter conseguido salvar aquelas cinco vidas.

Num gesto de reconhecimento, os irlandeses organizaram uma vaquinha virtual para ajudar o entregador. A campanha já arrecadou quase 400 mil euros (o equivalente a cerca de R$ 2 milhões). Caio afirmou que vai usar parte do dinheiro para ajudar no tratamento dos feridos no ataque.

“Eu não me considero herói. Acho que a atitude que eu tive foi de instinto. Quem tem filho, criança, faria o mesmo. Você vê um cara grandão, com uma faca, com uma menininha de cinco anos… Qualquer um faria o que eu fiz. Eu estava no lugar certo, na hora certa”, declarou Caio ao G1.

Nesta segunda-feira, 27 de novembro, o entregador foi recebido pelo primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar. Durante o encontro, o brasileiro foi homenageado por seu ato de coragem.

View this post on Instagram

A post shared by Caio Benicio (@caiobenicio80)

Tags:
BrasilMigrantesValores
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia