Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Fevereiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como contemplar a beleza de Deus nos lugares mais esquecidos

Mão entregando prato de comida a outra pessoa pobre

By addkm | Shutterstock

Hozana - publicado em 01/12/23

Missionários se dizem privilegiados em poder encontrar a esperança, a fé e a caridade nos lugares menos esperados

O testemunho a seguir é de um jovem missionário da Associação Presença e Amizade, presente em vários países ao serviço dos que mais sofrem. Eles acompanham pessoas sozinhas, crianças, adolescentes, doentes, prisioneiros, moradores de rua e, dentro dessas realidades duras, se dizem privilegiados em poder encontrar a esperança, a fé e a caridade nos lugares menos esperados.

O nosso convite é levá-lo a perceber a beleza de Deus, nesses mesmos lugares, através da leitura deste testemunho:

“Senhor Eduardo vivia sozinho em um quarto pequeno e tinha sua mobilidade comprometida devido a um derrame cerebral que teve há alguns anos. Ele carregava consigo uma história de vida bem delicada. Eu o conheci justamente em meu primeiro dia aqui em Lima, Peru e me lembro como se fosse ontem da sua alegria por receber um brasileiro em sua humilde residência. Não foi preciso muito tempo para formarmos uma grande amizade. Desde o início, sua história me comoveu muito, especialmente pelo sofrimento que demonstrava em virtude de uma relação difícil com seus familiares. Com o passar dos meses foi possível conhecer um pouco mais das razões que levavam a este conflito familiar, e compreender que a nós cabia somente confiar esta situação a Deus e buscar ser amigos de ambas as partes da família. Na esperança de uma futura reconciliação. 

Em nossos muitos encontros ele sempre demonstrou uma grande sede de Deus, uma grande e profunda alegria pela oportunidade de participar da Missa e de receber a Jesus na Eucaristia. Não foram poucas as vezes que, com lagrimas nos olhos, ele nos agradecia por levá-lo à igreja em sua cadeira de rodas. Estas situações que se repetiam várias vezes, traziam ao meu coração muita alegria e ânimo para seguir firme com a missão. 

Algumas semanas atrás fui convidado a passar alguns dias na outra casa de voluntários, ao norte de Lima, para apoiar os missionários que lá́ estão. Nos dias em que estive ali, recebi por telefone a notícia de que meu amigo havia falecido na noite anterior, em virtude de várias complicações após um infarto. Minhas irmãs da comunidade me contavam como tudo havia acontecido, de como haviam estado ao seu lado nos últimos momentos e de como havia sido possível, com ajuda de um sacerdote amigo, que o nosso amigo recebesse os Sacramentos, horas antes de seu falecimento. Além disso, houve um gesto de reconciliação entre ele e seus familiares. Um verdadeiro milagre! 

Ao receber a notícia me vi um pouco perdido e envolvido por uma maré de emoções. É muito difícil saber da morte de um amigo, ainda mais quando não se é possível despedir- se dele como se gostaria. Depois de rezar e refletir sobre toda aquela situação e de tudo que havia vivido na presença desse meu amigo, senti meu coração cheio de paz ao me dar conta de algo. Tenho a firme esperança de que esse meu amigo não partiu para nunca mais vê-lo, mas sim que algum dia ele, junto com tantos outros, abrirá a porta do céu para mim, com um sorriso, assim como tantas vezes o fez com a porta de sua humilde residência, dizendo: Pase amiguito, pase…”

A Associação Presença e Amizade preparou, na rede social de oração Hozana, um retiro de nove dias baseado em diversos testemunhos missionários. A proposta durante este retiro é simples: contemplar Maria aos pés da Cruz de Jesus nos rostos de pessoas concretas. Cada dia um trecho da oração de São Francisco orientará a meditação. Clique aqui se você deseja participar deste retiro e contemplar a beleza de Deus nos lugares mais esquecidos e vulneráveis. 

Equipe Hozana

Tags:
CaridadeDeusEsperançaMissionários
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia