Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Santuário terá nova imagem da Beata Nhá Chica

Estátua da Beata Nhá Chica

JR Moreira I Shutterstock

Estátua antiga da Beata Nhá Chica

Reportagem local - publicado em 07/12/23

Nova estátua levou quase um ano para ser produzida

Os fiéis de Baependi, Minas Gerais, vão acolher a nova imagem da Beata Nhá Chica neste sábado, 9 de dezembro, no portal da cidade.

A nova imagem foi produzida pelo artista plástico Ambrósio Córdula, de Acari, RN. Foram 11 meses de trabalho até que a estátua ficasse pronta.

Agora, a imagem será colocada no espaço celebrativo do Santuário de Nossa Senhora da Conceição da Beata Nhá Chica junto ao livro de ouro, que contém os nomes de quem contribuiu para a aquisição da estátua.

Uma Missa marcará a acolhida da imagem.

View this post on Instagram

A post shared by Santuário Nhá Chica (@santuarionhachica)

A Beata Nhá Chica

Nhá Chica Nasceu em 1808. Era filha de escrava e pai desconhecido. Com a libertação dos escravos, ela, a mãe e um irmão nascido de outra união, se transferem para a cidade. Na adolescência, sofre a perda da mãe. Órfã e analfabeta, Nhá Chica se valeu da educação religiosa que a mãe lhe havia dado, juntamente com a recomendação de viver uma vida retirada para melhor se dedicar à oração e à caridade.

Apesar de várias propostas de casamento, Nhá Chica permaneceu firme no propósito de viver em oração. É assim, por exemplo, que ela começa a organizar encontros de oração em sua própria casa. Ela a todos ouve e diz que apresentará os pedidos à Nossa Senhora. Muitas pessoas têm seus pedidos atendidos. Quando interrogada, Nhá Chica responde com simplicidade: “Eu lhe suplico, e Nossa Senhora me responde…”.

Sua fama com o tempo se alastra: até personagens da corte imperial a procuram para pedir conselhos. Além da oração, Nhá Chica se dedica à caridade, organizando a cada semana um almoço para os pobres e dando comida a todo aquele que batia à sua porta pedindo ajuda.

Em 1862, seu irmão, que havia feito fortuna trabalhando, morre sem deixar filhos; antes de morrer, deixou toda sua herança para Nhá Chica. Vendo nesse fato a Divina Providência, Nhá Chica não pensou duas vezes: usando da imensa fortuna, organizou suas atividades de caridade e, atendendo a um pedido de Nossa Senhora, manda construir uma igreja dedicada à Imaculada Conceição de Maria.

Ao final de sua vida teria distribuído quase que todos os bens entre os pobres, deixando o que sobrara para a paróquia. No dia 14 de junho de 1895 Nhá Chica falece e é enterrada na igreja que ela havia mandado construir para a memória e honra da Imaculada Conceição de Maria.

Seu processo de canonização iniciou-se cem anos após sua morte e, no dia 4 de maio de 2013, Nhá Chica foi beatificada em Baependi.

Tags:
BrasilSantos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia