Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Março |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Conheça Nossa Senhora da Arábia – e os surpreendentes países com igrejas dedicadas a ela

Nossa Senhora da Arábia

Ryle Silva/Shutterstock

Nossa Senhora da Arábia

Francisco Vêneto - publicado em 08/12/23

Uma dessas igrejas acaba de celebrar o seu Jubileu de Diamante

Encerram-se nesta sexta-feira, 8 de dezembro, dia da Imaculada Conceição, as celebrações pelo Jubileu de Diamante da igreja de Nossa Senhora da Arábia situada em um país muito pouco associado historicamente ao cristianismo: o Kuwait. Aliás, essa igreja é o primeiro templo católico a ter sido construído naquele país.

Não se trata da única igreja da região dedicada a essa devoção mariana: também foi erguida, posteriormente, a Catedral de Nossa Senhora da Arábia em Awali, no Bahrein – que também é a sede episcopal do Vicariato Apostólico do Norte da Arábia.

A construção da catedral no Bahrein terminou no final de 2020, ao passo que a igreja de Nossa Senhora da Arábia no Kuwait, a considerar-se a primeira capela provisória dedicada a ela, já soma 75 anos de história.

Catedral de Nossa Senhora da Arábia no Bahrein
Catedral de Nossa Senhora da Arábia no Bahrein

O Vicariato Apostólico do Norte da Arábia abrange, além do Kuwait e do Bahrein, também os territórios do Qatar e da Arábia Saudita. O atual vigário apostólico é dom Aldo Berardi.

É ele quem preside, neste dia 8, a Santa Missa de encerramento do Jubileu de Diamante da igreja de Nossa Senhora da Arábia no Kuwait. A cerimônia também conta com a presença de dom Eugene Martin Nugent, núncio apostólico naquele país, do pe. Michael Fernandes OFM Cap, custódio da Arábia, e de todos os sacerdotes católicos presentes no Kuwait, além de representantes do Qatar e do Bahrein.

Antes da construção dessa igreja, a primeira Santa Missa da história do Kuwait foi celebrada numa tenda em Magwa em pleno Natal de 1945. Em 1948, uma antiga central elétrica em Ahmadi foi adaptada para ser consagrada como capela. No mesmo ano, foi designado o primeiro sacerdote residente no país, o pe. Teofano Stella, que viria a se tornar também o primeiro vigário apostólico do Kuwait.

Em 1952, obteve-se a autorização para a construção de uma nova igreja, cuja pedra fundamental foi abençoada pelo Papa Pio XII no Vaticano antes de ser enviada ao Kuwait. A construção começou em 8 de setembro de 1955 e, finalmente, em abril de 1956, a nova igreja foi consagrada a Nossa Senhora da Arábia. A coroação canônica da imagem que representa essa devoção mariana foi autorizada pelo Papa São João XXIII em 1960, realizando-se em 25 de março desse mesmo ano.

Em outubro de 1968, o Kuwait se tornou o primeiro país-membro do Conselho de Cooperação do Golfo a estabelecer relações diplomáticas com o Estado do Vaticano, mas só no ano 2000 foi finalmente possível estabelecer a nunciatura apostólica no país.

Quanto à imagem de Nossa Senhora da Arábia, ela deriva de uma imagem de Nossa Senhora do Monte Carmelo levada ao Kuwait em 1º de maio de 1948. Trata-se de uma representação de Nossa Senhora, coroada, segurando um rosário e o Menino Jesus, também coroado.

Tags:
CatólicosDevoçãoNossa Senhora
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia