Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Março |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que fazer neste Natal se meus pais são divorciados?

shutterstock_1851203848.jpg

pikselstock | Shutterstock

Karen Hutch - publicado em 12/12/23

Com o Natal se aproximando rapidamente, os filhos de pais separados começam a fazer a pergunta: com quem devo passar o Natal?

Ano após ano, essa pergunta geralmente causa preocupação entre os jovens que precisam decidir com quem passar o Natal ou como administrar o tempo para estar com ambos os pais, sem ferir ou perturbar nenhum deles.

A Aleteia entrevistou a psicóloga Berenice García para saber quais são os pontos a serem considerados diante dessa questão e como criar um ambiente de paz e satisfação.

Como primeiro ponto, a especialista aconselha criar um espaço de reflexão que nos permita reconhecer nossas emoções, pois dessa forma teremos clareza sobre o que queremos transmitir aos nossos pais.

É aconselhável manter um diálogo com ambos os pais, para que cada um possa se expressar e compartilhar seus pontos de vista e como se sente a respeito. “Estamos buscando um equilíbrio que reflita amor e compreensão. É importante saber que essa questão exige paciência”.

Nesse espaço de diálogo, é importante não esquecer nossos próprios pontos a considerar e nossas próprias decisões, pois também devemos nos dar o valor que merecemos e não querer agradar aos outros, causando-nos aversão a nós mesmos.

A especialista afirma que “nossas decisões devem ser genuínas e alinhadas com nosso próprio bem-estar, permitindo que encontremos um equilíbrio que esteja de acordo com nossa autenticidade. O segredo é sermos honestos conosco mesmos e encontrarmos a combinação certa de seriedade e leveza em todo o processo”.

shutterstock_1030858819.jpg

O que fazer se eu me sentir culpado em relação a um de meus pais?

Embora seja importante estar aberto ao diálogo com nossos pais, é imperativo aproveitar o Natal depois de ter tomado sua decisão sobre o que deseja no Natal. Isso significa que devemos comemorar sem arrependimentos ou culpa que não sejam nossos. O Natal é uma época de alegria, esperança e amor, não de raiva e tristeza.

Portanto, se um de seus pais ficar chateado com sua decisão, é essencial que você esteja ciente de que não pode atender a todas as necessidades e expectativas de seus pais. Tome decisões que priorizem seu bem-estar emocional e tenha compaixão por si mesmo.

É importante lembrar que, ao entender a perspectiva de seus pais, você também pode reconhecer que eles, assim como você, podem estar agindo com base em suas próprias feridas

Considere que não será fácil no início, pois se for o primeiro Natal que passam separados, vocês estão enfrentando uma nova dinâmica, portanto, seja compreensivo com seus pais e consigo mesmo.

Por fim, compartilhamos com você uma série de dicas fornecidas por Berenice García, que considerou até mesmo os filhos menores de idade, que provavelmente ainda não têm a possibilidade de tomar essa decisão sozinhos:

1
Comunicação transparente

Expresse seus sentimentos a ambos os pais com honestidade.

2
Estabeleça prioridades

Reflita sobre o que é mais importante para você neste período de festas: é mais importante passar tempo com ambos os pais ou se sentir emocionalmente confortável?

3
Peça apoio

Busque o apoio de adultos de confiança; podem ser membros da família ou amigos sábios e experientes.

4
Proponha soluções alternativas

Sugira opções que equilibrem o tempo com ambos os pais.

5
Mediação profissional

Em situações mais complexas, considere a possibilidade de mediação familiar para facilitar o diálogo.

shutterstock_2135896365.jpg

6
Considere seus sentimentos

Certifique-se de que os adultos entendam como você se sente, pois isso pode influenciar as decisões.

7
Gerencie as emoções

Em momentos de desconforto, identifique estratégias para gerenciar suas emoções. Pode ser útil ter momentos de descanso ou apoio emocional de amigos ou familiares. Técnicas de respiração ou espaços tranquilos também podem ajudar.

8
Desenvolva um plano de revezamento

Se possível, estabeleça um plano para alternar as celebrações de maneira uniforme.

Tags:
CasamentoFilhosNatal
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia